Para promover doação de sangue, ator de MS apela e pede ajuda ‘na caruda’ para famosos

São mais de 50 famosos que João Franco, de 26 anos, ator, conseguiu convencer a gravar vídeos para uma campanha autônoma que ele faz a favor da doação de sangue. Zezé di Camargo e Luciano, Fernando e Sorocaba, Thaeme e Thiago, João Neto e Frederico, Lucas Lucco, Leilah Moreno, Rosa de Saron, Perla, Milene Pavorô, […]
| 20/08/2014
- 18:25
Para promover doação de sangue, ator de MS apela e pede ajuda ‘na caruda’ para famosos

São mais de 50 famosos que João Franco, de 26 anos, ator, conseguiu convencer a gravar vídeos para uma campanha autônoma que ele faz a favor da doação de sangue. Zezé di Camargo e Luciano, Fernando e Sorocaba, Thaeme e Thiago, João Neto e Frederico, Lucas Lucco, Leilah Moreno, Rosa de Saron, Perla, Milene Pavorô, Carlos Machado, André Segatti, André Gonçalvez, Suzy Rego, Alessandra Maestrini são alguns dos nomes que já mostraram a carinha no vídeo.

Todos falam da importância da doação e lembram que não custa nada, não dói nada e uma única doação pode salvar até 4 vidas.

A campanha, revela João, começou há cerca de 3 anos quando viu outra, que também fazia cadastramento para medula óssea, acontecendo em Campo Grande. Sensibilizado com o problema decidiu ajudar. “Postei no meu facebook que estava tendo a campanha e pedi para os amigos ajudarem. No dia que fui doar encontrei um monte de gente que estava lá porque eu compartilhei a mensagem”, conta.

Foi quando teve um insight. “Foi quando eu pensei: por que não ajudar? Por que não fazer mais? Por que não me engajar realmente?”, questiona, pontuando que se com o próprio facebook ele conseguiu tocar tanta gente, imagina se não é alguém que tem fãs, que tem engajamento na rede.

Na caruda, com óleo de peroba na cara, ele passou a procurar pessoas famosas e pedir para que gravassem o vídeo. Não faltou quem aderisse à campanha, e com isso, conta o projeto cresceu, e ele agora vai levar a idéia para outros estados e até para outro país. “Pessoas legados a banco de sangues me convidaram para ajudar. Tenho convite do Rio de Janeiro, São Paulo e até da Argentina”, comemora. “O negócio ta ficando internacional”, diz.1,2,3…gravando

As gravações são feitas, em sua maioria, aqui em Campo Grande mesmo. Quando os artistas estão aqui para eventos, shows, exposições, João entra em contato com quem está organizando, ou diretamente com o artista e aproveita para gravar o vídeo.

Além disso, uma casa noturna sertaneja agora o está apoiando. “A campanha agora está com o apoio da Wood’s, então todos os artistas que vão lá gravam comigo”, conta.

João só lamenta não ter patrocínio para fazer a campanha chegar ainda longe. “A campanha ainda não conta com patrocínio. Algumas coisas ficam difíceis porque são muitos gastos, mas quando é coisa feita com o coração não há dinheiro que pague”, diz.

Mais infos?

Para saber mais sobre a campanha acesse doesanguems.blogspot.com.br, ou ligue (67) 8175-6884.

Últimas notícias