Geral

Padrasto resistiu à prisão e usou canivete para tentar fugir do flagrante da PM

Depois de ter espancado os enteados de 6 e 2 anos e meio, Fernando Floriano Duarte, de 33 anos, tentou fugir da polícia. Ele chegou a resistir à prisão, quando retornou para a casa onde mora no Bairro José Abrão, região norte de Campo Grande, e teve de ser contido por vários militares. Vizinhos chegaram a […]

Arquivo Publicado em 19/09/2014, às 13h55

None
1680927415.jpg

Depois de ter espancado os enteados de 6 e 2 anos e meio, Fernando Floriano Duarte, de 33 anos, tentou fugir da polícia. Ele chegou a resistir à prisão, quando retornou para a casa onde mora no Bairro José Abrão, região norte de Campo Grande, e teve de ser contido por vários militares.


Vizinhos chegaram a avisar a PM (Polícia Militar) sobre o retorno de Fernando ao imóvel. O local foi cercado e na casa havia o suspeito, a mãe dele e outras quatro crianças, quando os militares entraram no local.


Com um canivete nas mãos, ele partiu para cima da guarnição que conseguiu desarmá-lo. Sem nada nas mãos, Fernando ainda resistiu à prisão e os policiais tiveram de imobilizá-lo.


Enquanto isso, a mãe dele pedia que o filho parasse de resistir. Fernando foi algemado e encaminhado em flagrante para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro, que registrou o como homicídio doloso, quando há intenção de matar, lesão corporal dolosa, quando age com vontade de machucar, e resistência.

Jornal Midiamax