Outros oito estrangeiros e cinco indonésios resgatados após naufrágio

Outros oito estrangeiros e cinco indonésios foram resgatados na manhã desta segunda-feira, dois dias após o naufrágio de seu barco de turismo no leste do arquipélago da Indonésia, indicaram autoridades locais. Dez turistas estrangeiros já haviam sido resgatados na véspera. Os 18 turistas resgatados no total eram procedentes de Nova Zelândia, Grã-Bretanha, Espanha, Holanda, Alema...
| 18/08/2014
- 19:35
Outros oito estrangeiros e cinco indonésios resgatados após naufrágio

Outros oito estrangeiros e cinco indonésios foram resgatados na manhã desta segunda-feira, dois dias após o naufrágio de seu barco de turismo no leste do arquipélago da Indonésia, indicaram autoridades locais.

Dez turistas estrangeiros já haviam sido resgatados na véspera. Os 18 turistas resgatados no total eram procedentes de Nova Zelândia, Grã-Bretanha, Espanha, Holanda, Alemanha, França e Itália. Dois continuam desaparecidos.

Os oito estrangeiros – de Holanda, Itália e Alemanha – foram encontrados nesta segunda-feira “juntos, alguns em um bote de salvamento e outros na água com seus coletes salva-vidas, a 100 km de Sape”, a leste da ilha de Sumbawa, declarou um funcionário dos serviços de socorro, Budiawan.

A embarcação transportava 25 pessoas no total, 20 estrangeiros e cinco indonésios (quatro membros da tripulação e um guia).

Segundo imagens divulgadas pela televisão indonésia, os resgatados receberam atendimento médico em um hospital em Sumbawa. Estavam muito cansados, e com a pele vermelha pela exposição ao sol.

O barco havia partido de Lombok, ilha vizinha à turística Bali, e tinha como destino a de Komodo. Ali há um parque nacional declarado patrimônio mundial pela Unesco.

O barco naufragou depois de ter sido atingido por uma forte tempestade.

“Havia um buraco no barco”, explicou por telefone à AFP uma das resgatadas, a espanhola María Palofont.

“Estamos todos bem”, acrescentou em referência aos resgatados, embora tenha demonstrado sua preocupação pelos desaparecidos.

Outro funcionário em Bima, Suryaman, havia declarado à AFP que o acidente ocorreu nas primeiras horas de sábado e que os turistas começaram a ser resgatados apenas durante a tarde.

“O incidente ocorreu (quando o barco se chocou contra uma rocha e afundou (após a tempestade). Os pescadores conseguiram resgatar cinco pessoas durante a noite de sábado e outros cinco estrangeiros foram resgatados por um veleiro, acrescentou o funcionário a respeito das primeiras dez pessoas socorridas.

Últimas notícias