Geral

ONG denuncia assassinato em série de cachorros com flechas na Nicarágua

Um grupo está matando cachorros com flechas ao sul de Manágua, denunciou neste domingo a Fundação Amar-te, uma ONG dedicada à proteção dos animais. “Seis cachorros morreram, todos na estrada Sul, nos últimos dez dias”, disse à Agência Efe o presidente da ONG, o veterinário Enrique Rumbaud. A fotografia de uma cachorrinha chamada “Cookie” no […]

Arquivo Publicado em 06/04/2014, às 18h54

None

Um grupo está matando cachorros com flechas ao sul de Manágua, denunciou neste domingo a Fundação Amar-te, uma ONG dedicada à proteção dos animais.


“Seis cachorros morreram, todos na estrada Sul, nos últimos dez dias”, disse à Agência Efe o presidente da ONG, o veterinário Enrique Rumbaud.


A fotografia de uma cachorrinha chamada “Cookie” no jornal “La Prensa”, onde aparece com uma flecha atravessada de forma transversal em seu corpo, causou indignação no país que foi manifestada nas redes sociais pela população nicaraguense.


A palavra “assassinos” é a mais usada pela população para referir-se aos atacantes nas redes sociais.
“A polícia deve investigar isto, porque está comprovado que os assassinos e agressores antes maltrataram cachorros, se não os encontram, amanhã poderiam ficar em frente a uma escola”, advertiu Rumbaud.


Alguns especialistas escreveram nas redes sociais que a flecha que atravessou a Cookie saiu de um arco cujo preço não está ao alcance de qualquer nicaraguense, mas de alguém com altos poder aquisitivo.
A área em que morreram os cachorros também é considerada uma região rica de Manágua.


Rimbaud afirmou que quase qualquer disparo com flecha pode matar um cachorro, devido a seu pequeno tamanho.


Esse tipo de ação é considerado “crueldade” pela Lei de Proteção e o bem-estar dos Animais Domésticos e Silvestres Domesticados, aprovada em maio de 2011.


Se forem capturados, os responsáveis perderiam seus arcos e poderiam ser obrigados a pagar até 3 mil dias multa, ou seja, que teriam que pagar 3 mil dias de seus salários.

Jornal Midiamax