Geral

Olarte quer que CCR inclua viaduto no macroanel em obra de duplicação da BR-163

O prefeito de Campo Grande Gilmar Olarte (PP) informou nesta terça-feira (12) durante a assinatura de convênio com outros 19 municípios para unificar a representatividade da CCR MSVia, empresa que cobrará pedágio e duplicará a BR-163, que solicitará a inclusão de um viaduto no macroanel, região da Uniderp Agrárias. “O macroanel de Campo Grande não […]

Arquivo Publicado em 12/08/2014, às 14h42

None
499185292.jpg

O prefeito de Campo Grande Gilmar Olarte (PP) informou nesta terça-feira (12) durante a assinatura de convênio com outros 19 municípios para unificar a representatividade da CCR MSVia, empresa que cobrará pedágio e duplicará a BR-163, que solicitará a inclusão de um viaduto no macroanel, região da Uniderp Agrárias.


“O macroanel de Campo Grande não é considerado prioridade dentro do projeto inicial da CCR. É preciso um viaduto na região, onde acontecem vários acidentes. Vou solicitar a inclusão no projeto antes que as obras comecem”, afirmou.


Para o prefeito, os municípios unidos conseguirão mais força ao realizarem reivindicações para as diversas regiões do Estado.


A CCR MSVia vai explorar a rodovia federal com pedágio por 30 anos. Serão feitas obras de adequação, inclusive a duplicação da rodovia, de Sonora a Mundo Novo, em um trecho de 834 quilômetros.

Jornal Midiamax