Nanicos abrem propaganda eleitoral no rádio e TV entre os candidatos ao Senado

Os candidatos de partidos nanicos ao Senado abrem o horário eleitoral no rádio e TV. Lucien Rezende (PSOL) e Valdemir do PSTU serão os primeiros candidatos a aparecerem. Eles dividiram com os outros quatro concorrentes os 10 minutos da propaganda. Lucien será o estreante. O candidato do PSTU terá apenas 00’35”67 para apresentar suas propostas. […]
| 01/08/2014
- 20:47
Nanicos abrem propaganda eleitoral no rádio e TV entre os candidatos ao Senado

Os candidatos de partidos nanicos ao Senado abrem o horário eleitoral no rádio e TV. Lucien Rezende (PSOL) e Valdemir do PSTU serão os primeiros candidatos a aparecerem. Eles dividiram com os outros quatro concorrentes os 10 minutos da propaganda.

Lucien será o estreante. O candidato do PSTU terá apenas 00’35”67 para apresentar suas propostas. Durante a campanha, ele aparecerá 32 vezes. Em seguida, será a vez de Valdemir do PSTU que terá 00’33”33 em cada uma das suas 31 aparições.

Com o maior tempo, 3’10”06, e mais exibições, 171 inserções, o candidato pela Coligação “Mato Grosso Do Sul Com a Força de Todos”, Ricardo Ayache (PT), será o terceiro a aparecer a no dia 19 de agosto.

A peemebista Simone Tebet será a quarta candidata a aparecer. Pela Coligação “MS Cada Vez Melhor”, ela terá 2’09”24 e 116 inserções para expor seu projeto. 

Depois será a vez do ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), que terá 1’03”74 em cada umas das 57 inserções para conseguir voto do eleitorado.  O progressista teve a candidatura impugnada, mas vai recorrer ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Para fechar, o ciclo de propaganda dos candidatos ao Senado, Antonio João Hugo Rodrigues (PSD), da Coligação “Novo Tempo”, terá 2’27”95 e 133 inserções para mostrar seu propósito. 

O horário eleitoral para candidato ao Senado será exibido às segunda, quartas e sextas-feiras com 10 minutos de duração. No rádio, serão dois blocos das 6h40 às 6h50 e 11h40 às 11h50. Na TV, também serão dois blocos, sendo das 12h40 às 12h50 e 19h10 às 19h20.

A cada dia um candidato abre o horário eleitoral. O rodízio é feito da seguinte maneira: O último do dia anterior será o primeiro e a ordem segue a do sorteio.

Últimas notícias