Geral

Motörhead volta a cancelar turnê por problemas de saúde de Lemmy

A saúde de Lemmy Kilmister, o lendário fundador, baixista e vocalista do Motörhead, continua frágil. Mal o ano começou e a  banda britânica voltou a cancelar uma turnê, em comunicado divulgado na sexta-feira (24), eu seu site oficial. Pelo mesmo motivo, o trio cancelou dois giros no ano passado. Em 2013, o músico chegou a […]

Arquivo Publicado em 25/01/2014, às 19h53

None

A saúde de Lemmy Kilmister, o lendário fundador, baixista e vocalista do Motörhead, continua frágil. Mal o ano começou e a  banda britânica voltou a cancelar uma turnê, em comunicado divulgado na sexta-feira (24), eu seu site oficial. Pelo mesmo motivo, o trio cancelou dois giros no ano passado. Em 2013, o músico chegou a precisar abandonar um show no Wacken Open Air, principal festival de heavy metal da Alemanha, após se sentir mal.


Apesar do novo cancelamento, o comunicado é otimista em relação ao estado de Lemmy, atualmente com 68 anos. Afirma que o músico está precisando lidar com seus problemas relacionados à diabetes, mas que os shows só foram cancelados, com relutância pelos integrantes do grupo, após insistência dos médicos. O texto ainda diz que há “indubitável progresso” na melhora do astro.


Lemmy é lendário não só por sua música, mas pelo estilo de vida que sempre levou. Com décadas de uso pesado de drogas e a ingestão diária de grandes doses de álcool – no início dos anos 2000, afirmou beber uma garrafa de 1 litro de bourbon por dia desde os 30 -, já foi diversas vezes retratado por médicos como um caso inexplicável da medicina.


As consequências, no entanto, têm chegado a ele nos últimos anos, quando viu uma piora em sua diabetes e teve problemas cardiovasculares, que o obrigaram a colocar um marcapasso. Em entrevista publicada há dez dias na revista norte-americana Decibel, o empresário da banda, Todd Singerman, afirmou que, apesar de hoje não fumar mais – foram dois maços de Marlboro vermelho ao longo de cinco décadas – e não beber mais tanto, Lemmy segue tendo um estilo de vida que apenas o afasta de se recuperar de sua atual situação.


“Ele provavelmente continua tomando seu Jack Daniels com Coca-Cola escondido. Ele mente quando diz que parou. Até está tentando substituir essa combinação por vinho, algo que combinou com os médicos. Mas vinho tem também muito açúcar – problema para a diabetes – e Lemmy esquece de dizer que toma não um pouco da bebida, mas duas porras de garrafas toda vez”, Singerman criticou.


Leia o comunicado na íntegra a seguir:


É com muito pesar que o Motörhead tem de anunciar o cancelamento de sua turnê europeia, agendada para começar em fevereiro de 2014.


Muitos esforços concentrados e focados foram feitos pelo fundador e ícone internacional Lemmy Kilmister para lidar com uma série de problemas de saúde relacionados à diabetes. Enquanto houve indubitável progresso, Lemmy e a banda foram avisados pelos médicos que ainda era cedo para continuar suas atividades em turnês e, para o bem do futuro, a banda e Lemmy concordaram com relutância em cancelá-las.


Ninguém se machuca mais com isso do que Lemmy e ele sente pela pela dor de cabeça e inconveniente de ir atrás de cada ingresso e todo o transporte já pagos pelos leais fãs antes do início da turnê. Sendo um guerreiro dedicado e sem paradas da estrada há 50 anos, é igualmente uma aflição angustiante para ele não conseguir ocupar o topo do lounge do confiável ônibus de turnê (sua casa espiritual), mas Lemmy reconhece que sua saúde precisa vencer.


Isso é decidido sem que Lemmy diga deixe de oferecer suas profundas desculpas pela inconveniências causadas, mas ele que quer que todos saibam que ele continua na estrada para uma recuperação completa e que seu prognóstico a longo prazo é muito bom.


Fãs têm demonstrado tremendo apoio a Lemmy e isso tem significado tanto para ele. Ele disse à (revista) Rolling Stone, “Oh, cara. Os fãs foram inacreditáveis quando eu adoeci”, afirmou. “Sem brincadeira. Todos diziam coisas como ‘não tenha pressa, fique melhor. Não se preocupe, esperaremos por você. Fique bem.”


Roma não foi construída em um dia, assim como a saúde de Lemmy. Mas existe um pouco de luz forte no fim do túnel aqui. Nós agradecemos muito a vocês por seu contínuo amor, apoio e compreensão.

Jornal Midiamax