Geral

Midiamax estreia reportagens com uso de drone para captar imagens aéreas

O Jornal Midiamax estreia oficialmente nesta quinta-feira (1), o uso de um drone para captar imagens aéreas. Após o período de testes e treinamento, a reportagem fará a primeira cobertura oficial com o equipamento no Passeio Ciclístico em comemoração do Dia do Trabalho. A largada será dada às 8 horas, na Avenida das Bandeiras. A data […]

Arquivo Publicado em 30/04/2014, às 11h50

None

O Jornal Midiamax estreia oficialmente nesta quinta-feira (1), o uso de um drone para captar imagens aéreas. Após o período de testes e treinamento, a reportagem fará a primeira cobertura oficial com o equipamento no Passeio Ciclístico em comemoração do Dia do Trabalho. A largada será dada às 8 horas, na Avenida das Bandeiras.

A data de estreia não foi escolhida à toa. O Midiamax faz questão de homenagear o trabalhador com a novidade, que passa a ser aliada na batalha diária do Jornal para trazer ao público de Mato Grosso do Sul informação jornalística com agilidade e qualidade.

Em fevereiro, o Midiamax já veiculava as imagens aéreas do incêndio em uma fábrica de piscinas na saída para Três Lagoas. O vídeo está disponível mais abaixo. Desde então, a equipe da reportagem tem feito testes e treinamentos.

Inovação e vanguarda

“O processo de produção jornalística profissional exige cada vez mais estrutura e o Midiamax tradicionalmente sai na frente, acompanhando as inovações tecnológicas que melhoram a qualidade da informação oferecida ao nosso público”, explica o sócio-diretor do jornal, Carlos Naegele.

O perfil inovador do grupo Midiamax, que tem diversos canais para distribuir conteúdo em públicos diferenciados, é diferencial competitivo.

“Nossos leitores se habituaram a contar com a informação rapidamente, com qualidade e confiabilidade. Na internet, nos bairros de Campo Grande, com o jornal impresso MidiamaxDiário, ou nas avenidas da cidade, com os painéis televisivos de alta definição, só temos a comemorar a resposta do mercado aos nossos investimentos”, diz Naegele.

Drone e jornalismo

O drone do Midiamax é um é um miniveículo aéreo não tripulado com menos de um quilo de peso, alcance de 300 metros e autonomia de voo de quinze minutos. Será utilizado, nesta fase inicial, para captar imagens aéreas com uma câmera de alta definição e performance, nas coberturas factuais do jornal.

Apesar de muito nova, a tecnologia já é utilizada pelos maiores jornais do mundo e do Brasil. Em Mato Grosso do Sul, o jornalismo do Midiamax acompanha as mudanças que as inovações técnicas têm causado na produção de notícias.

Além de integrar veículos como os painéis televisivos, o jornal impresso diário, e o conteúdo jornalístico na internet, tudo oferecido gratuitamente ao público, o Midiamax tem investido em novas tecnologias que aceleram e facilitam o processo de produção.

Recursos como o WhasApp (67) 9207-4330, disponibilizado para os leitores falarem diretamente com os jornalistas, facilita ao público interferir no conteúdo do jornal com contribuições, reclamações ou denúncias. Além disso, canais nas redes sociais e até os velhos email e telefone fixo (67) 3312-7400 são usados para aproximar o leitor.

“As inovações têm aproximado o leitor da redação, e isso gera novos desafios. Os jornalistas precisam estar prontos para acompanhar a velocidade imposta sem deixar de lado os preceitos básicos, como o zelo técnico e ético da informação”, diz o editor-chefe do jornal, Éser Cáceres.

Convergência

Com uma das maiores equipes de jornalismo de Mato Grosso do Sul, todos os repórteres do Midiamax têm à disposição recursos como smartphones de última geração, conexão móvel à internet que facilita a transmissão de informações para a redação, e agora o drone.

Nesta fase, novas ferramentas estão sendo testadas e a equipe dispõe de ampla liberdade criativa para,com o público, descobrir qual o melhor formato desta linguagem em construção, resultante da convergência das mídias.

“A convergência digital já começou no Midiamax, e estamos ensaiando muitos recursos no modo de produção, sempre com a qualidade final como objetivo. E há muita inovação, muita novidade por vir”, conclui Carlos Naegele.

Jornal Midiamax

☰ Últimas Notícias