Geral

Marina se mantém na liderança pela disputa à Presidência em MS, aponta DATAmax

Marina tem 32,50% das intenções de voto, aumento de 2,6 pontos percentuais com relação à rodada anterior. Na sequência aparece a candidata Dilma Rousseff e, em seguida, Aécio Neves

Arquivo Publicado em 12/09/2014, às 20h46

None
103176816.jpg

Marina tem 32,50% das intenções de voto, aumento de 2,6 pontos percentuais com relação à rodada anterior. Na sequência aparece a candidata Dilma Rousseff e, em seguida, Aécio Neves

A candidata Marina Silva (PSB) à Presidência da República mantém a liderança na corrida eleitoral em Mato Grosso do Sul e amplia a vantagem sobre os concorrentes, apontam os números da pesquisa DATAmax, realizada entre os dias 6 e 10 de setembro de 2014 e registrada no TSE sob o número BR-00596/2014.


Marina tem 32,50% das intenções de voto, o que representa aumento de 2,6 pontos percentuais com relação à rodada anterior, divulgada em agosto. Na sequência, aparece em segundo lugar a candidata Dilma Rousseff (PT), com 29,90% e, em seguida, Aécio Neves (PSDB), com 18,40%.


Comparado com a pesquisa anterior (TSE BR-00451/2014), o índice de Dilma subiu, dentro da margem de erro, 2 pontos percentuais. Já Aécio Neves se manteve com 18,40% das intenções de voto no Estado.


Além dos três primeiros colocados, pontuaram os candidatos Pastor Everaldo (PSC), com 1,10%, Eduardo Jorge (PV), com 0,30%, Luciana Genro (PSOL), com 0,20%, Mauro Iasi (PCB), com 0,20%, Zé Maria (PSTU), com 0,20% e Levy Fidélix (PRTB), com 0,10%.  Os candidatos Eymael (PSDC) e Ruy Costa Pimenta (PCO) não pontuaram nesta pesquisa.


A 24 dias da eleição, o número de eleitores indecisos diminuiu, mas ainda é expressivo. O índice, que era de 14,80% na pesquisa anterior, agora é de 10,80%. O percentual de votos brancos e nulos se manteve em 6,30%.


Foram entrevistados 1.500 eleitores em 38 municípios do eleitorado sul-mato-grossense, entre os dias 6 e 10 de setembro. A pesquisa foi registrada no TSE (BR-00596/2014) e apresenta margem de erro de 2,5%, para mais ou para menos. O grau de confiança é de 95%.


Na pesquisa anterior (TSE BR-00451/2014) também foram entrevistados 1.500 eleitores em 37 municípios do eleitorado sul-mato-grossense, entre os dias 25 e 28 de agosto. Margem de erro também era de 2,5% para mais ou menos, e grau de confiança também é de 95%.

Jornal Midiamax