Geral

Marcada para esta sexta, reunião entre advogados de produtores e União não ocorreu

Advogados de produtores rurais e representantes do Ministério da Justiça não puderam realizar nova reunião nesta sexta-feira (20), em Brasília (DF). De acordo com informações da Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), o encontro estava marcado para ocorrer às 10h, mas foi interrompido devido a uma indisponibilidade de agenda do […]

Arquivo Publicado em 20/06/2014, às 17h13

None

Advogados de produtores rurais e representantes do Ministério da Justiça não puderam realizar nova reunião nesta sexta-feira (20), em Brasília (DF).

De acordo com informações da Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul), o encontro estava marcado para ocorrer às 10h, mas foi interrompido devido a uma indisponibilidade de agenda do assessor do MJ, Marcelo Veiga.

O diálogo seria para rediscutirem o imbróglio em torno das 31 propriedades rurais da região Buriti, entre os municípios de Dois Irmãos do Buriti e Sidrolândia.

A principal discussão, no momento, é quanto ao preço a ser pago pela União para a saída dos fazendeiros da área, para pôr fim ao conflito com índios Terenas. O governo quer pagar R$ 80 milhões, enquanto os ruralistas pedem R$ 120 milhões pelos 17 mil hectares.

Jornal Midiamax