Geral

Mãe de vítima salva iraniano da forca à beira de execução

Um homem foi salvo da forca pela mãe do rapaz que assassinou segundos antes de ser executado no Irã, de acordo com o Daily Mail. Balal já estava com os olhos vendados quando a mãe da vítima, Abdollah Hosseinzadeh Jnr, surpreendeu a todos e retirou a corda de seu pescoço. De acordo com o pai […]

Arquivo Publicado em 17/04/2014, às 13h07

None
424801456.jpg

Um homem foi salvo da forca pela mãe do rapaz que assassinou segundos antes de ser executado no Irã, de acordo com o Daily Mail. Balal já estava com os olhos vendados quando a mãe da vítima, Abdollah Hosseinzadeh Jnr, surpreendeu a todos e retirou a corda de seu pescoço.

De acordo com o pai da vítima, sua esposa mudou de ideia após ver o filho morto em um sonho. “Há três dias, minha esposa viu meu filho mais velho em um sonho e ele dizia que estava em um lugar bom e que não era para ela se vingar. Isso acalmou a minha esposa, e então decidimos pensar mais até o dia da execução”, contou Abdolghani Hosseinzadeh.
O casal já havia perdido outro filho, de 11 anos, em um acidente de moto, de acordo com o Guardian.

Balal foi sentenciado à morte por matar Abdollah Hosseinzadeh Jnr, de 18 anos, a facadas, durante uma briga de rua, na cidade iraniana de Royan, em 2007. De acordo com o pai da vítima, o rapaz não tinha a intenção de matar Abdollah: “Balal não sabia como manejar uma faca, ele goi ingênuo”.

De acordo com a lei islâmica (Sharia), os familiares de vítimas são autorizados a participar de execuções. Eles têm o direito de se posicionar em relação à pena de morte, mas não em relação à prisão do acusado.

Não foi confirmado se Balal será libertado.

Jornal Midiamax