Geral

Mãe de rapaz que assaltou taxista afirma estar decepcionada com o filho

A mulher identificada como Denise, diarista de 30 anos de idade, não conseguia disfarçar a tristeza e a decepção de ver o filho algemado, em uma sala da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga. Ela é mãe de Dênis Almeida da Costa, de 18 anos, que foi preso na madrugada deste sábado (13), depois de […]

Arquivo Publicado em 13/09/2014, às 15h05

None

A mulher identificada como Denise, diarista de 30 anos de idade, não conseguia disfarçar a tristeza e a decepção de ver o filho algemado, em uma sala da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga.

Ela é mãe de Dênis Almeida da Costa, de 18 anos, que foi preso na madrugada deste sábado (13), depois de assaltar um taxista no Jardim Los Angeles, em companhia de mais três rapazes.

Ele não precisava fazer isto. Antes de sair no começo da noite ele pediu dinheiro e eu dei para ele. Mas na companhia desses colegas, acabou fazendo esta besteira”, afirmou.

Segundo Denise, o filho mora com o pai, de quem é separada há algum tempo. Ela tem mais dois filhos e nenhum deles nunca deu problema. “Não sei o que passou pela cabeça dele. Ele trabalha, tem o salário dele, mas agora vai ter que pagar por isto”, disse.

Durante grande parte da manhã, Denise ficou ao lado da sala onde estava o filho e quando tinha oportunidade o repreendia. “Até mesmo no trabalho dele deve ser prejudicado. Agora vamos esperar para ver o que a Justiça vai determinar no caso dele”, afirmou.

Dênis e mais três amigos contrataram a corrida de um táxi, em frente do Empório Santo Antônio. Quando chegaram ao Jardim Los Ângeles anunciaram o assalto dando uma gravata no taxista e encostando um objeto (faca ou estilete) em suas costas.

O grupo fugiu a pé levando três celulares e certa quantia em dinheiro. A polícia foi acionada e conseguiu deter Dênis andando por uma rua próxima do local do assalto. Ele confessou que os companheiros de crime eram Everton Silva Amaro, de 18 anos, e Matheus Carvalho Neves, de 19 anos, e outro não identificado que fugiram.



Jornal Midiamax