Geral

Maduro quer reunião com estudantes e opositores na próxima quarta

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, convidou neste sábado os líderes opositores e estudantis para uma reunião de “diálogo de paz” na quarta-feira, depois de mais de um mês de protestos nas ruas que deixaram pelo menos 20 mortos. “Volto a convidar os dirigentes estudantis universitários da oposição para que venham a uma reunião com […]

Arquivo Publicado em 09/03/2014, às 01h08

None

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, convidou neste sábado os líderes opositores e estudantis para uma reunião de “diálogo de paz” na quarta-feira, depois de mais de um mês de protestos nas ruas que deixaram pelo menos 20 mortos.

“Volto a convidar os dirigentes estudantis universitários da oposição para que venham a uma reunião com o presidente da República, e falemos cara a cara, e nos digam tudo o que tiverem de nos dizer (…) Eu convido vocês. Digo mais: ponho uma data. Vamos fazer isso na quarta-feira”, disse Maduro, neste sábado, em um ato no centro de Caracas, transmitido pelo canal estatal VTV.

“Eu espero vocês no (palácio presidencial de) Miraflores. Se quiserem, fazemos uma reunião a portas fechadas e depois falamos para o país”, acrescentou.

“Quem tem medo do diálogo? Que venham (Ramón Guillermo) Aveledo (dirigente da opositora Mesa da Unidade Democrática) e o outro e o outro”, continuou, advertindo, porém, que “não aceitarei condições”.

Este é o terceiro convite feito por Maduro aos estudantes e aos líderes da oposição para os “diálogos de paz”, convocados no âmbito dos protestos que varreram o país no último mês.

Jornal Midiamax