Geral

Ladrões dão bebida à vítima, roubam carro e trocam tiros com o Garras

O estudante Francisco Batista de Almeida Neto, de 27 anos, condutor o Honda Civic, placas NRS-7155, foi abordado por ladrões quando chegava à residência na Rua Madre Silva, no bairro Carandá Bosque – região nordeste de Campo Grande, por volta das 22h30. O caso foi registrada pela Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a […]

Arquivo Publicado em 10/03/2014, às 12h22

None

O estudante Francisco Batista de Almeida Neto, de 27 anos, condutor o Honda Civic, placas NRS-7155, foi abordado por ladrões quando chegava à residência na Rua Madre Silva, no bairro Carandá Bosque – região nordeste de Campo Grande, por volta das 22h30. O caso foi registrada pela Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros). 

De acordo com informações do estudante, os ladrões, que estavam armados com revólveres, renderam na vítima quando ela entrava em casa. Eles obrigaram o rapaz a ingerir uma bebida alcoólica e o colocou no banco de trás do veículo. 
Os criminosos deram várias voltas com a vítima, antes de abandoná-la. O estudante acionou a polícia e informou sobre o roubo do veículo. 
Já na madrugada de hoje, equipes do Garras receberam uma denúncia, de que o veículo estava estacionado próximo do Terminal Nova Bahia. Ao chegar ao local, os policiais tentaram cercar o automóvel, porém, o motorista fugiu.
Houve perseguição, e troca de tiros. 
Os policiais civis  disseram que dois dos tiros disparados por eles, um acertou a porta do Civic e outro no pneu, porém o carro roubado, por ter mais potência que a viatura, conseguiu fugir. 
Em rondas pela região, os agentes conseguiram encontrar o automóvel que foi abandonado na Avenida Coronel Antonino. Entretanto, a polícia não localizou os ladrões.
Jornal Midiamax