Geral

Ladrão rouba casaco de couro de jacaré de US$ 130 mil numa Burberry

Um ladrão roubou um casaco de couro de jacaré de quase HK$ 1 milhão (130.000 dólares) de uma loja da marca Burberry em uma das zonas comerciais mais movimentadas de Hong Kong, informou a polícia nesta sexta-feira. O casaco era exibido em um manequim, e os funcionários da loja da marca britânica em Tsim Sha […]

Arquivo Publicado em 21/02/2014, às 15h28

None

Um ladrão roubou um casaco de couro de jacaré de quase HK$ 1 milhão (130.000 dólares) de uma loja da marca Burberry em uma das zonas comerciais mais movimentadas de Hong Kong, informou a polícia nesta sexta-feira.


O casaco era exibido em um manequim, e os funcionários da loja da marca britânica em Tsim Sha Tsui perceberam o roubo depois do fechamento da loja na quarta-feira.


“A pessoa que denunciou o caso descobriu que um casaco de couro no valor de HK$ 900.000 tinha desaparecido. Uma análise das imagens das câmeras de segurança levou os funcionários a acreditar que foi roubado”, declarou a polícia em um comunicado.


A polícia está à procura de um suspeito de compleição forte de 30 a 40 anos, acrescentou.


A área de Tsim Sha Tsui é particularmente popular entre os ricos turistas chineses, dispostos a pagar preços exorbitantes por peças de marcas ocidentais.


O suspeito é um homem chinês que saiu da loja de três andares depois de retirar a peça do manequim no início da noite de quarta-feira, informou nesta sexta-feira o South China Morning Post.


Citando uma fonte policial, o jornal declarou que algumas grifes evitam colocar etiquetas de segurança em seus produtos por medo de prejudicar sua qualidade, contando apenas com câmeras de vigilância e seguranças.


A Burberry, que possui 14 lojas em Hong Kong, não quis comentar detalhes do caso, citando uma investigação policial em curso.


“Como o caso está sendo investigado, a Burberry não fará mais comentários”, declarou a companhia em um comunicado enviado por email à AFP.

Jornal Midiamax