Geral

Jardineiro suspeito de manter adolescente em cárcere já havia sido violento com a ex-mulher

O jardineiro Dirceu Benites, de 40 anos, suspeito de manter a companheira, uma adolescente de 17 anos, em cárcere, também já havia sido agressivo com a ex-mulher, Rosa Conceição Moreira, de 51 anos. O caso aconteceu em julho do ano passado e foi parar na delegacia após a filha dele e de Rosa registrar um […]

Arquivo Publicado em 30/08/2014, às 14h48

None

O jardineiro Dirceu Benites, de 40 anos, suspeito de manter a companheira, uma adolescente de 17 anos, em cárcere, também já havia sido agressivo com a ex-mulher, Rosa Conceição Moreira, de 51 anos. O caso aconteceu em julho do ano passado e foi parar na delegacia após a filha dele e de Rosa registrar um boletim de ocorrência.


A jovem, de 20 anos, disse à polícia que os pais tiveram uma briga, porque a mãe queria se separar. A mulher foi para a casa da filha e o jardineiro foi até o local. Ele tentou arrombar a residência  e levou a ex-mulher à força para casa, no Bairro Guanandi, a mesma casa onde ele e a adolescente chegaram a morar durante o relacionamento.


Outra ocorrência envolvendo o jardineiro foi em 2007. Ele disparou cinco vezes contra um desafeto, em uma tentativa de homicídio.


Cárcere


A vítima relatou à polícia que em pouco tempo de namoro com Dirceu, ela já ficou grávida. Demonstrando afeto, ele convenceu a vítima de parar de trabalhar e a levou para morar na casa da mãe. Posteriormente, ela descobriu que ele era casado e usava um nome falso e ele a levou morar com a mulher e os filhos.


O caso veio à tona na última terça-feira (19). A adolescente foi até uma farmácia e deixou um pedido de ajuda no verso de uma receita médica. A atendente acionou a polícia que foi até a casa onde a adolescente estaria sendo mantida em cárcere, com o filho bebê.

Jornal Midiamax