Geral

Irmãos de Paul Walker ajudam a terminar Velozes e Furiosos 7

Os irmãos do ator Paul Walker, morto em um acidente de trânsito em novembro, ajudarão a terminar a filmagem da sétima parte da saga Velozes e Furiosos, informou nessa terça-feira (15) o estúdio Universal Pictures em comunicado. “Paul já havia filmado suas cenas dramáticas e a maior parte das de ação, e elas estão entre […]

Arquivo Publicado em 16/04/2014, às 13h03

None

Os irmãos do ator Paul Walker, morto em um acidente de trânsito em novembro, ajudarão a terminar a filmagem da sétima parte da saga Velozes e Furiosos, informou nessa terça-feira (15) o estúdio Universal Pictures em comunicado.


“Paul já havia filmado suas cenas dramáticas e a maior parte das de ação, e elas estão entre as melhores de sua carreira”, declarou o estúdio. “Retomamos as filmagens e agora damos as boas-vindas aos irmãos de Paul, Caleb e Cody, à nossa família. Estão nos ajudando a completar algumas sequências de ação para o irmão deles e a completar pequenas lacunas na produção. Tê-los no set fez com que todos sentíssemos que Paul está conosco também”, acrescentou o Universal.


De acordo com o estúdio, “este filme é o mais importante que já fizemos juntos. Ele irá permitir que o personagem Brian O’Conner continue vivo e que nós celebremos Paul em seu papel mais marcante”. A Universal Pictures explicou que a franquia automobilística se baseia, sobretudo, no conceito de família e seus personagens, asseguram, estão conectados por esse vínculo, da mesma forma que os trabalhadores que puseram seus esforços na saga durante mais de 13 anos.


A família destes filmes “experimentou uma comoção impensável” com a morte de Walker. Após um tempo de paralisação nas filmagens, o estúdio decidiu que o filme devia seguir adiante. “Acreditamos que é o que querem nossos fãs e que é o que Paul gostaria também”, disse ainda o comunicado.


O filme, dirigido por James Wan, será lançado em 10 de abril de 2015 com um elenco liderado por Walker, Vin Diesel, Dwayne Johnson, Jason Statham e Kurt Russell. Walker morreu consequência de “traumatismos e queimaduras”, segundo o relatório da autópsia divulgado pelo Escritório do Legista do condado de Los Angeles.


O ator de 40 anos circulava em um Porsche Carrera GT vermelho conduzido por seu amigo Roger Rodas, empresário e piloto de corrida, que também morreu. O automóvel, que transitava no dobro da velocidade permitida, se incendiou após bater em um poste e uma árvore.

Jornal Midiamax