Geral

Irã não deve escolher outro embaixador para a ONU

O Irã não planeja escolher outro embaixador para a ONU, depois que Washington rejeitou o visto para Hamid Abutalebi por seu suposto papel na tomada de reféns da embaixada americana em Teerã, em 1979, informou neste sábado o vice-ministro das Relações Exteriores, Abas Araqchi, à agência Mehr. A fonte explicou que seu país vai se […]

Arquivo Publicado em 12/04/2014, às 12h14

None

O Irã não planeja escolher outro embaixador para a ONU, depois que Washington rejeitou o visto para Hamid Abutalebi por seu suposto papel na tomada de reféns da embaixada americana em Teerã, em 1979, informou neste sábado o vice-ministro das Relações Exteriores, Abas Araqchi, à agência Mehr. A fonte explicou que seu país vai se opor à recusa do visto através de mecanismos legais da ONU.

A Casa Branca anunciou na véspera que os Estados Unidos não concederão visto ao novo embaixador iraniano na ONU. Os EUA são, a princípio, obrigados a conceder vistos aos diplomatas deste organismo, mas é possível ocorrer exceções.

O diplomata nega ter participado nos fatos de 1979, quando os estudantes que expulsaram o Xá do Irã, ligado ao Ocidente, e tomaram a embaixada americana em Teerã. Abutatalebi só admite ter trabalhado como intérprete para libertar várias pessoas que estavam dentro da embaixada.

Jornal Midiamax