Geral

Idoso não entrega R$ 80 mil a ladrões e perde massa encefálica com enxadada

"Eu falava para parar", contou adolescente que estava com o avô no momento da tentativa de assalto. A vítima, de 70 anos, havia vendido um terreno por R$ 80 mil e estava com o dinheiro em casa.

Arquivo Publicado em 06/02/2014, às 21h25

None
1385348697.jpg

“Eu falava para parar”, contou adolescente que estava com o avô no momento da tentativa de assalto. A vítima, de 70 anos, havia vendido um terreno por R$ 80 mil e estava com o dinheiro em casa.

“Eu falava para ele parar”, disse o adolescente de 14 anos, que viu o avô, Domingos Luiz Romão de 70 anos, levar um golpe de enxada, dentro de sua própria casa, na noite desta quarta-feira (5), no bairro Nova Lima em Campo Grande.

“Meu avô foi fazer comida, depois ele sentou no sofá, quando pegaram ele pelas costas. Eu falava para ele parar”, lembra o jovem. O aposentado Domingos Luiz Romão, foi surpreendido por bandidos dentro de sua casa, por conta de R$ 80 mil, valor de um terreno que vendeu, que os autores não conseguiram levar.

Por conta do golpe sofrido na cabeça, o idoso perdeu massa encefálica, passou por mais de quatro de cirurgia na Santa Casa, e está em coma induzido, em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do hospital.

Dez familiares, entre eles filhos, netos e nora foram ao hospital visitarem Domingos. “Eu tinha acabada de sair de lá”, disse o filho Jair Romão, 43. “Ligaram agora, dizem que viram um suspeito com o braço enfaixado, lá no bairro, com as mesmas características do ladrão”, conta o também filho Reginaldo Romão, 38.

Tentativa de assalto

De acordo com a Polícia Civil , o idoso estava em casa, acompanhado do neto, quando um homem armado, careca, magro e alto entrou na sala da casa e surpreendeu a vítima pelas costas. Ainda de acordo com a polícia, o autor teria perguntado “foi você que me roubou?”, no que a família diz que foi dito para distorcer o motivo da tentativa do assalto.

Também fazendo uma encenação, o ladrão fez uma ligação no celular e perguntou a outro suposto autor do outro lado da linha, e perguntou durante a ligação “ se era ele que tinha roubado ele”, consta no boletim de ocorrência.

Neste momento, Domingos pegou uma enxada que estava próximo, quando o ladrão puxou o gatilho três vezes e por sorte o revólver falhou. Com a enxada o idoso deu um golpe na mão do bandido que se feriu, e deixou a arma cair.

Ainda de acordo com a polícia, um segundo autor entrou na correndo na casa e pegou a arma. O assaltante atingido, então pegou a enxada golpeou seu Domingos na cabeça e fugiu com seu comparsa. De acordo com testemunhas, um veículo Gol, modelo G4, esperava do ladro de fora. Ao todo, uma mulher e três homens estariam no veículo.

O neto de 14 anos, foi quem ligou para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que levou a vítima com perda de massa encefálica para a Santa Casa. O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada em Repressão a Roubos e Furtos (Derf).

Jornal Midiamax