Geral

Homem que matou menor no Parque do Sol é condenado a 20 anos em regime fechado

A.G. de A. foi condenado nesta sexta-feira (12) a a pena de 20 anos de reclusão, em regime fechado, por ter matado Lucas Veríssimo Valadares, de 15 anos, no Parque do Sol, em 2008. O julgamento foi realizado na 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande. Em outubro de 2008, o réu acompanhado […]

Arquivo Publicado em 12/09/2014, às 19h24

None

A.G. de A. foi condenado nesta sexta-feira (12) a a pena de 20 anos de reclusão, em regime fechado, por ter matado Lucas Veríssimo Valadares, de 15 anos, no Parque do Sol, em 2008. O julgamento foi realizado na 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande.

Em outubro de 2008, o réu acompanhado de V.B. das S. e R.G.B., efetuou disparos na vítima, causando-lhe a morte. Narra ainda a denúncia que o crime teria sido cometido por motivo torpe, pois o acusado assassinou Lucas por acreditar que ele teria sido autor do homicídio praticado contra seu primo, caracterizando vingança.

Por fim, no entender do Ministério Público, A.G. de . A. utilizou recurso que dificultou a defesa da vítima, por ter se aproximado e rapidamente efetuado os disparos de revólver, pegando-a de surpresa.

Reunido em sala secreta, o Conselho de Sentença, por maioria de votos declarados, condenou A.G. de A. por homicídio qualificado, com motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima, pois reconheceram as duas qualificadoras.

O juiz em substituição legal da 2ª Vara do Tribunal do Júri, Valter Tadeu Carvalho, fixou em definitivo a pena-base do réu A.G. de A. de 20 anos de reclusão, em regime fechado.

(Com informações do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

Jornal Midiamax