Geral

Homem processa McDonald’s em US$ 1,5 milhão por ‘guardanapo’

O McDonald’s ganhou um novo inimigo. Um homem nos Estados Unidos está processando a empresa em US$ 1,5 milhão porque recebeu apenas um guardanapo com sua refeição, de acordo com informações publicadas pelo site TMZ. O caso envolvendo um homem chamado Webster Lucas aconteceu em uma lanchonete do McDonald’s em Pacoima, na Califórnia, em 29 […]

Arquivo Publicado em 02/03/2014, às 00h55

None

O McDonald’s ganhou um novo inimigo. Um homem nos Estados Unidos está processando a empresa em US$ 1,5 milhão porque recebeu apenas um guardanapo com sua refeição, de acordo com informações publicadas pelo site TMZ.

O caso envolvendo um homem chamado Webster Lucas aconteceu em uma lanchonete do McDonald’s em Pacoima, na Califórnia, em 29 de janeiro.

Ao voltar ao balcão e pedir mais guardanapos, Lucas disse que o gerente da lanchonete não atendeu ao seu pedido. Irritado, o cliente respondeu dizendo que deveria ter ido comer em outro restaurante.

Lucas, que é negro, disse que a situação tomou um rumo racista, pois o gerente resmungou algo que soou como “esse povo”.

O cliente entrou em contato com o gerente-geral do restaurante por e-mail e disse que estava sofrendo de “angústia mental indevida” e que isso o impedia de ir ao trabalho. Ele também disse que o gerente-geral tentou fazer as pazes o oferecendo comida de graça no McDonald’s, mas o cliente não concordou.

Jornal Midiamax