Geral

Holyfield gera polêmica em BBB nos EUA e diz que “gays não são normais”

O ex-pugilista Evander Holyfield foi repreendido pela direção do reality show americano Celebrity Big Brother depois de fazer comentários de teor homofóbico no último domingo. O antigo campeão dos pesados disse que a homossexualidade não é algo normal e nem correto, mas que “pode ser consertada”. O episódio ocorreu durante uma conversa Luisa Zissman, outra […]

Arquivo Publicado em 06/01/2014, às 16h32

None

O ex-pugilista Evander Holyfield foi repreendido pela direção do reality show americano Celebrity Big Brother depois de fazer comentários de teor homofóbico no último domingo. O antigo campeão dos pesados disse que a homossexualidade não é algo normal e nem correto, mas que “pode ser consertada”.

O episódio ocorreu durante uma conversa Luisa Zissman, outra participante do programa. Holyfield foi questionado se havia boxeadores gays e respondeu que sim, mas não gostou do comentário seguinte da colega, de que os lutadores deveriam “sair do armário”.

“Seria bom se abrir sobre isso, porque é normal”, opinou Luisa, rebatida por Holyfield. “O que tem de bom nisso? Isso (homossexualidade) não é normal”, declarou o Americano, 51 anos. “A bíblia te mostra isso, o que é certo e o que é errado. Se você nasce com uma perna um pouco virada para cá, o que você faz? Vai ao médico para que ele conserte”, acrescentou.

As declarações de Holyfield foram muito mal recebidas pelos espectadores do reality show que se manifestaram contra o ex-pugilista nas redes sociais. O Canal 5, que exibe o programa, resolveu chamar a atenção do veterano.

Holyfield foi informado de que o regulamento do programa não permitia certos comportamentos. “A sua visão não é compartilhada por uma grande parcela da sociedade, e expressar isso é extremamente ofensivo para muitas pessoas”, disse o Big Brother, repreendendo o ex-lutador, que aceitou a bronca.

Jornal Midiamax