Geral

Fitch se diz “surpresa” com severidade da turbulência em emergentes

A agência de classificação de crédito Fitch ficou surpresa com a severidade da recente turbulência em mercados emergentes, que pode forçá-la a alterar as perspectivas de rating de alguns deles, afirmou nesta quinta-feira o diretor de ratings soberanos Michele Napolitano. “A próxima rodada de projeções será em março. Pode haver algumas mudanças à luz da […]

Arquivo Publicado em 06/02/2014, às 10h34

None

A agência de classificação de crédito Fitch ficou surpresa com a severidade da recente turbulência em mercados emergentes, que pode forçá-la a alterar as perspectivas de rating de alguns deles, afirmou nesta quinta-feira o diretor de ratings soberanos Michele Napolitano.


“A próxima rodada de projeções será em março. Pode haver algumas mudanças à luz da atual desordem nos mercados emergentes. A severidade da atual turbulência está nos surpreendendo”, disse ele em conferência em Lisboa.


Ele também afirmou que a pressão sobre os soberanos da zona do euro diminuiu, apontando a mudança para superávits em conta corrente de alguns países periféricos, como Portugal, de “divisor de águas, um evento bastante significativo”.

Jornal Midiamax