Geral

Familiares e amigos celebram missa em homenagem a morte de 1 ano de Chorão

Em memória a Chorão, familiares e amigos irão celebrar uma missa em homenagem ao músico, em Santos (SP), sua cidade natal. A informação foi divulgada pela apresentadora e prima cantor, Sonia Abrão. Os músicos Di Ferrero e Mano Brown relembraram a morte do amigo, assim como o apresentador Marcos Mion e o ator Gustavo Leão. […]

Arquivo Publicado em 06/03/2014, às 14h14

None

Em memória a Chorão, familiares e amigos irão celebrar uma missa em homenagem ao músico, em Santos (SP), sua cidade natal. A informação foi divulgada pela apresentadora e prima cantor, Sonia Abrão.


Os músicos Di Ferrero e Mano Brown relembraram a morte do amigo, assim como o apresentador Marcos Mion e o ator Gustavo Leão.


“Missa 1 ano da morte do Chorão hoje, às 19h, Igreja Santa Edwiges, no Boqueirão, em Santos”.


Missa 1 Ano da morte do Chorão hj, às 19:00h, Igreja Santa Edwiges, no Boqueirão, em Santos. ?? pic.twitter.com/YAOcXQaFEl


— Sonia Abrão (@SoniaAbrao) March 6, 2014


Chorão foi encontrado morto na madrugada do dia 6 de março de 2013 em seu apartamento no bairro de Pinheiros, zona oeste de São Paulo.


As investigações começaram pelo exame do apartamento e depoimentos de vizinhos e funcionários do prédio onde Chorão morava, de Alexandre, filho de Chorão, e Thaís Lima, mãe do rapaz de 23 anos, e Graziela Gonçalves, ex-mulher de Chorão, e dos integrantes da banda Charlie Brown Jr.


No entanto, esperava-se desde o início que toxicológico e a necropsia seriam essenciais para a elucidação do caso.


A morte foi provocada por overdose de cocaína, de acordo com exame necroscópico divulgado. O apartamento foi encontrado revirado e a polícia também coletou amostras de um pó branco que parecia cocaína.


O exame aponta que o cantor apresentava miocárdio hipertrófico (aumento do tamanho do músculo do coração), coronarioesclerose grave (bloqueio das artérias coronárias por gordura), nefroesclerose renal (alteração no tecido do rim), edema cerebral (aumento dos líquidos no sistema nervoso central), esteatose hepática (excesso de gordura no fígado).

Jornal Midiamax