Geral

Exposição sobre cultura africana começou este mês e vai até junho no Marco

De notável qualidade plástica, as 170 fotografias que compõem a exposição “Nos Caminhos Afro” revelam a proximidade de povos de origem afrodescendente com o continente matriz – a África. Os registros sobre o cotidiano, a cultura e a religiosidade de descendentes de africanos no Brasil e em mais de 20 países são um verdadeiro convite […]

Arquivo Publicado em 19/03/2014, às 20h52

None
798005645.jpg

De notável qualidade plástica, as 170 fotografias que compõem a exposição “Nos Caminhos Afro” revelam a proximidade de povos de origem afrodescendente com o continente matriz – a África.

Os registros sobre o cotidiano, a cultura e a religiosidade de descendentes de africanos no Brasil e em mais de 20 países são um verdadeiro convite a uma viagem no tempo com destino às sutilezas e às peculiaridades do universo interpretado por um fotógrafo-viajante.

Pierre Verger realizou longas expedições entre 1932 e 1970, e de suas andanças nasceu a exposição que será apresentada em quatro estados brasileiros que nunca receberam mostras do fotógrafo francês.

A mostra que acontece em Mato Grosso do Sul até fim de junho continua um ciclo de itinerância que vai até o fim de 2014. Com patrocínio da Petrobras, através do seu Programa de Incentivo Petrobras Cultural.

Além da exposição, o projeto de itinerância abrange a realização de uma oficina pedagógica sobre História e Cultura Afro-brasileira, ministrada por Luis Nicolau Páres, professor de Antropologia Visual da Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Serviço


  • Lugar: Museu de Arte Contemporânea de MS

  • Período: 13 de março a 1º de junho de 2014

  • Visitação : terça à sexta (12h às 18h) / Sábado e domingo (14h às 18h)

  • Endereço: Antônio Maria Coelho, 6000 – Parque das Nações Indígenas
Jornal Midiamax