Geral

Em Figueirão, moradores especulam sobre quem ganhou R$ 37 milhões na Mega-Sena

Na cidadezinha de Mato Grosso do Sul todos especulam sobre quem ganhou, sozinho, prêmio que quase equivale ao PIB do município.

Arquivo Publicado em 17/04/2014, às 11h58 - Atualizado em 08/07/2020, às 16h14

None
1852960545.jpg

Na cidadezinha de Mato Grosso do Sul todos especulam sobre quem ganhou, sozinho, prêmio que quase equivale ao PIB do município.

Para os quase 3 mil habitantes de Figueirão, ao norte de Mato Grosso do Sul, a 244 quilômetros de Campo Grande, a pergunta principal é uma só nesta quinta-feira: quem, entre eles, foi dormir R$ 37,6 milhões mais rico? Pela primeira vez na curta história do município – emancipado em 2005 – o prêmio da Mega-Sena foi para um morador local.

Após o resultado, na noite de quarta-feira (16), teve até salva de fogos pelas ruas. “O povo está eufórico”, confirma o dono da lotérica Pedra Bonita, Marcelo Martins, a única de Figueirão.

O comerciante garante que não sabe quem é o novo milionário local. E, mesmo que soubesse, manteria sigilo, seguindo orientação da Caixa Econômica Federal. “Não tenho ideia de quem seja”.

Mas, a informação de que um novo ricaço circula por ali mexe com os ânimos dos moradores. “Parece que foi um cara que trabalha na fazenda, ele veio ontem fazer compra aqui”, diz, entusiasmado, o atendente de um sacolão.

“Quem ganhou vai esperar a poeira baixar para aparecer, eu acho”, aponta o dono da lotérica. Proprietário do local há dois anos, ele lembra que sua lotérica é “pé quente”. Ali já saíram ganhadores da Quina e Lotofácil, por exemplo, conta ele.

A Caixa já fez contato com o dono da lotérica e repassou orientações sobre os procedimentos em relação ao ganhador. Um deles é justamente o sigilo, além de medidas de segurança.

O que faz aumentar os boatos sobre quem é o novo milionário. “Falaram até que fui eu o ganhador”, brinca Martins.

A bolada da Mega-Sena corresponde a 78% de todas as riquezas produzidas por Figueirão durante os 12 meses de 2008, por exemplo. Naquele ano, o PIB (Produto Interno Bruto) por lá foi de R$ 46,8 milhões, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Clique aqui e confira o resultado do sorteio.

Jornal Midiamax