Geral

Dilma recebe Delcídio e decisão sobre PT e PSDB é adiada para sábado

Alianças branca e oficial são pensadas pelo deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) e o senador Delcídio do Amaral (pt). Ambos devem se reunir no sábado para fazer o anúncio.

Arquivo Publicado em 02/05/2014, às 20h22

None
1488775471.jpg

Alianças branca e oficial são pensadas pelo deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) e o senador Delcídio do Amaral (pt). Ambos devem se reunir no sábado para fazer o anúncio.

A possível aliança entre PSDB e PT pode ter um anúncio oficial neste sábado (3). A presidente Dilma Rousseff recebe o senador Delcídio do Amaral após o 14º Encontro Nacional do Partido dos Trabalhadores, em São Paulo, na noite desta sexta-feira (2).


A conversa, segundo a assessoria do senador, já está garantida e agendada. No sábado pela manhã, Delcídio também tem encontro marcado com Ruy Falcão, presidente nacional do partido.


O anúncio sobre a possível chapa será feito, no máximo, no início da tarde. O deputado federal Reinaldo Azambuja mantém contato com o senador e disse que aguardará a definição, por conta da disponibilidade da agenda da presidente.


Apesar da indefinição, o senador vem sinalizando que mesmo que uma aliança oficial não seja feita, está disposto a fazer aliança branca. Delcídio disse que os dois parlamentares irão respeitar as executivas nacionais, se a decisão for contrária, mas que não vão deixar de ser aliados com os princípios de mudança para o Estado.


“Essa semana teremos uma definição clara. Independente de tudo isso estamos mantendo uma conversa permanente, nossos projetos são muito afinados, mas eu ainda trabalho pela união em uma só chapa dos dois partidos”, destacou Delcídio em entrevista para ao Midiamax.


Questionado sobre em que atrapalha o discurso político no último encontro do PSDB, para que Reinaldo saia governador, Delcídio alegou que se Reinaldo virar seu concorrente cabe à executiva nacional do PT avaliar quais serão as melhores alianças a se fazer.

Jornal Midiamax