Geral

Dilma mantém ritmo intenso de viagens nos próximos dias

A presidente Dilma Rousseff vai manter agenda intensa de viagens pelo País nos próximos dias, com pelo menos quatro compromissos programados. Na agenda, estão a entrega de casas do Programa Minha Casa, Minha Vida e inauguração de estádio da Copa. Na última semana, Dilma esteve em cinco cidades de três Estados: Pará, Ceará e Maranhão. […]

Arquivo Publicado em 24/03/2014, às 20h48

None

A presidente Dilma Rousseff vai manter agenda intensa de viagens pelo País nos próximos dias, com pelo menos quatro compromissos programados. Na agenda, estão a entrega de casas do Programa Minha Casa, Minha Vida e inauguração de estádio da Copa. Na última semana, Dilma esteve em cinco cidades de três Estados: Pará, Ceará e Maranhão.

Amanhã (25), a presidente vai a São Paulo, onde tem compromissos em dois municípios do interior. Em São José dos Campos, assina a ordem de serviço para início da construção de 1.461 unidades habitacionais do Residencial Pinheirinho dos Palmares 1 e 2, como parte do Programa Minha Casa, Minha Vida.

Em seguida, no começo da tarde, Dilma participa, em Bauru, da entrega de 944 unidades habitacionais dos residenciais Água da Grama e Três Américas 2, que também fazem parte do programa habitacional do governo federal.

Em Mato Grosso, na sexta-feira (28), pela manhã, Dilma entrega 911 unidades habitacionais do Residencial Jacarandá 1 e 2, do Programa Minha Casa Minha Vida, em Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá. Em seguida, a presidente participa da inauguração simbólica da Arena Pantanal, que sediará jogos da Copa do Mundo. O estádio receberá quatro jogos da primeira fase do Mundial: Chile x Austrália, Rússia x Coreia do Sul, Nigéria x Bósnia-Herzegovina e Japão x Colômbia.

Dois compromissos que haviam sido programados foram retirados da agenda de viagens previstas, segundo informações da Secretaria de Imprensa da Presidência da República. As visitas a Araçatuba (SP) para a entrega de 343 máquinas para municípios paulistas, e a Goiânia, onde Dilma participaria de formatura de alunos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), foram canceladas.

Jornal Midiamax