Geral

Dilma lamenta morte de torcedor e pede delegacias nos estádios

A presidente Dilma Rousseff fez uso de sua conta oficial no microblog Twitter neste domingo (4) para comentar a morte do torcedor Paulo Ricardo Gomes da Silva, morto na última sexta-feira (2) na saída do estádio Arruda, em Recife, após ser atingido por um vaso sanitário na cabeça. A privada foi atirada de dentro do […]

Arquivo Publicado em 04/05/2014, às 21h15

None
561117322.jpg

A presidente Dilma Rousseff fez uso de sua conta oficial no microblog Twitter neste domingo (4) para comentar a morte do torcedor Paulo Ricardo Gomes da Silva, morto na última sexta-feira (2) na saída do estádio Arruda, em Recife, após ser atingido por um vaso sanitário na cabeça. A privada foi atirada de dentro do estádio para a rua, de uma altura de 15 metros, após o fim da partida entre Santa Cruz e Paraná, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

A presidente postou cinco mensagens seguidas para comentar o episódio. Nelas, defendeu ser urgente a instalação dentro dos estádios de delegacias especializadas na investigação e no combate aos crimes cometidos em praças esportivas.
Dilma escreveu: “O País que ama o futebol não pode ser tolerante com a violência nos estádios. A morte do torcedor Paulo Ricardo Silva, depois de uma partida de futebol no Recife, é mais um triste exemplo da urgência de se instalar delegacias especializadas nos estádios. A violência nos estádios precisa ser coibida com rigor pelas polícias locais. Os criminosos devem processados e julgados. Estádios de futebol são palco da alegria e da paixão. Devemos todos nos unir pela paz nos estádios”. Todas as postagens de Dilma foram acompanhadas pela hashtag #PazNosEstádios.

No início da tarde deste domingo, a Federação Pernambucana de Futebol, em parceria com a ONG Disque-Denúncia Pernambuco, anunciou uma recompensa de até R$ 5.000 para quem tiver informações que levem a identificar o suspeito de arremessar o vaso sanitário que matou Paulo Ricardo.

A diretoria do Santa Cruz, proprietário do estádio Arruda, forneceu à Polícia Civil de Pernambuco imagens do circuito interno de segurança da arena, a fim de facilitar a identificação dos envolvidos.

Quem tiver informações sobre o caso poderá telefonar para o número 3421-9595, na Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata Norte, ou (81) 3719-4545, para quem estiver no interior do Estado ou em outra parte do país.

Também é possível repassar informações através do site da central www.disquedenunciape.com.br, que permite o envio de fotos e vídeos. O serviço funciona durante 24 horas, todos os dias da semana. O anonimato é garantido, afirma o Disque-Denúncia.

No enterro de Paulo Ricardo, na tarde deste domingo, membros da Torcida Jovem do Sport, da qual o torcedor era sócio, prepararam homenagens, mas sem gritos de torcida ou presença da bateria – a pedido dos pais.

Jornal Midiamax