Geral

Deslizamento deixa 14 mortos e 176 desaparecidos

Probabilidade de encontrar sobreviventes é cada vez menor. Autoridades esperam que o número de desaparecidos seja revisto em baixa. O deslizamento de terras que no passado sábado atingiu as povoações de Oso e Darrington, numa zona rural a norte de Seattle nos Estados Unidos, provocou até ao momento 14 mortos, sete feridos e 176 desaparecidos. […]

Arquivo Publicado em 25/03/2014, às 10h41

None

Probabilidade de encontrar sobreviventes é cada vez menor. Autoridades esperam que o número de desaparecidos seja revisto em baixa.

O deslizamento de terras que no passado sábado atingiu as povoações de Oso e Darrington, numa zona rural a norte de Seattle nos Estados Unidos, provocou até ao momento 14 mortos, sete feridos e 176 desaparecidos.

À medida que as horas avançam, dada a dimensão do desastre, os responsáveis pelas buscas citados pela CNN admitem que é cada vez menor a possibilidade de encontrar alguém com vida. Porém, é de esperar que o número de desaparecidos desça “dramaticamente”, já que poderá haver alguma informação duplicada.

“Mantemos a esperança, mas conscientes de que não encontramos ninguém vivo naquela área desde sábado”, referiu o comandante dos bombeiros de Snohomish County, Travis Hots.

O deslizamento ocorreu na manhã de sábado passado (início da tarde em Lisboa) e foi causado pela saturação dos solos após chuvas fortes no mês de Fevereiro. Foram afectadas cerca de 50 habitações numa área de 2,6 quilómetros quadrados. Em algumas zonas, as terras cobriram 4,5 metros em altura.

As equipas de resgate estão no terreno, ajudadas por cães, equipamento sonar e buscas aéreas.

Jornal Midiamax