Geral

Deputado critica instabilidade da Sesai em MS e diz que falta de suporte não é por falta de verba

O deputado estadual Laerte Tetila (PT) criticou na manhã de hoje (19) durante sessão na Assembleia Legislativa, a instabilidade administrativa pela qual passa a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) em Mato Grosso do Sul. Para ele, o reflexo disto é a insegurança da equipe. “A instabilidade que parte da chefia reflete até no funcionário […]

Arquivo Publicado em 19/02/2014, às 19h01

None

O deputado estadual Laerte Tetila (PT) criticou na manhã de hoje (19) durante sessão na Assembleia Legislativa, a instabilidade administrativa pela qual passa a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) em Mato Grosso do Sul.

Para ele, o reflexo disto é a insegurança da equipe. “A instabilidade que parte da chefia reflete até no funcionário mais humilde. Faltam medicamentos, equipamentos, até itens básicos como de armários ou produtos de higiene”, criticou Tetila.

O parlamentar alegou que tudo isso não é falta de recursos, relembrando que no ano passado até houve devolução de dinheiro. “Portanto irei decidir como encaminho estas denúncias ao Ministério da Saúde”, afirmou.

Segundo ele, no Mato Grosso do Sul há 74 mil indígenas e que ele entende que a extensão do Estado dificulta o atendimento.

Jornal Midiamax