Geral

Delcídio lidera gastos de campanha com R$ 6,9 milhões e PT nacional é maior doador

O candidato ao governo de Mato Grosso do Sul pelo PT Delcídio do Amaral é líder de arrecadações de campanha e também o que mais gastou nesses primeiros dias, segundo dados da primeira parcial divulgados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) nesta quarta-feira (6). Ao todo, Delcídio já gastou R$ 6.987.466,68 com locação de imóvel e […]

Arquivo Publicado em 06/08/2014, às 22h33

None
19090553.jpg

O candidato ao governo de Mato Grosso do Sul pelo PT Delcídio do Amaral é líder de arrecadações de campanha e também o que mais gastou nesses primeiros dias, segundo dados da primeira parcial divulgados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) nesta quarta-feira (6).


Ao todo, Delcídio já gastou R$ 6.987.466,68 com locação de imóvel e repasse a candidatos. Os petistas que mais receberam do partido até o momento são Zeca, Antônio Biffi e Vander Loubet. Cada um recebeu R$ 200 mil. O aliado Marcelo Bluma (PV) também recebeu R$ 200 mil.


Para os comitês aliados as doações também são as maiores. O PR recebeu R$ 350 mil, o PRP R$ 400 mil, o PSL R$ 350 mil, o PTB R$ 200 mil. O maior gasto único é de serviços prestados por terceiros, R$ 1,2 milhão ao todo.


Receitas


Entre as doações recebidas estão desde R$ 15 mil do próprio Delcídio do Amaral até R$ 1 milhão da Construtora Triunfo S/A. O maior volume de dinheiro, entretanto, foi enviado diretamente do diretório nacional: R$ 6.602.500,00.


Tradicional doadora do candidato peemedebista André Puccinelli (PMDB), como nas eleições de 2010, a Itel Informática agora repassou R$ 450 mil ao petista.


Além desses, a PSG Tecnologia Alicada doou R$ 200 mil, Antonio Celso Cortez R$ 150 mil, AMGL Comércio de Materiais Eletrônicos e Hidráulicos Ltda. R$ 44 mil e duas doações não identificadas de R$ 200 mil ao todo.

Jornal Midiamax