Geral

D’Ale comanda festa do tetra e alfineta: “Quem manda no RS é o Inter”

O meia D’Alessandro foi o comandante da festa pós-título do Internacional, ainda no gramado do estádio Centenário. Após a goleada de 4 a 1 diante do Grêmio, e consequente tetracampeonato gaúcho, o camisa 10 subiu no alambrado, pegou bandeira da torcida e alfinetou o arquirrival. “O título foi muito merecido. Resultado de um bom planejamento […]

Arquivo Publicado em 13/04/2014, às 21h38

None

O meia D’Alessandro foi o comandante da festa pós-título do Internacional, ainda no gramado do estádio Centenário. Após a goleada de 4 a 1 diante do Grêmio, e consequente tetracampeonato gaúcho, o camisa 10 subiu no alambrado, pegou bandeira da torcida e alfinetou o arquirrival.

“O título foi muito merecido. Resultado de um bom planejamento da diretoria, da comissão técnica e de bom trabalho dos jogadores. Muitos deram o Inter como morto antes do jogo na Arena, mas nós jogamos. E está provado, quem mais aqui é o Inter”, disse.

A frase faz alusão ao número de títulos estaduais do Colorado. Com o tetra obtido na Serra Gaúcha, o clube chega a 43ª taça do Campeonato Gaúcho.

No jogo, D’Ale foi o responsável por abrir o escore. No primeiro tempo, quando o Inter tentava encaixar a marcação e lutava para conter o volúpia do Grêmio, foi o camisa 10 o autor do chute certeiro aos 27 minutos.

“Este não é o título mais importante da temporada, nós temos que tirar esta vitória como gás para buscar a Copa do Brasil e o Brasileirão”, discursou D’Alessandro.

Após o apito final, como capitão da equipe, o gringo ergueu a taça. E logo depois puxou a volta olímpica. Atrás de um dos gols, deixou o grupo de jogadores e subiu no alambrado. Trocou afago com três torcedores e depois tocou uma das bandeirolas em vermelho e branco.

O triunfo vermelho que culminou com o tetracampeonato coroa uma campanha praticamente irrepreensível. Com apenas uma derrota na primeira fase, o Inter teve a melhor campanha e ainda venceu as duas partidas da decisão.

Jornal Midiamax