Geral

Contra Aécio, deputados de Minas querem CPI dos aeroportos regionais

Deputados estaduais do bloco Minas sem Censura, que reúne parlamentares de PT, PMDB e PRB, decidiu encaminhar um pedido de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar os aeroportos regionais de Minas Gerais. Reportagem da Folha de S.Paulo mostrou que o governo de Minas gastou R$ 14 milhões para erguer um aeroporto em uma fazenda […]

Arquivo Publicado em 21/07/2014, às 17h12 - Atualizado em 15/07/2020, às 12h20

None
1203404131.jpg

Deputados estaduais do bloco Minas sem Censura, que reúne parlamentares de PT, PMDB e PRB, decidiu encaminhar um pedido de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar os aeroportos regionais de Minas Gerais. Reportagem da Folha de S.Paulo mostrou que o governo de Minas gastou R$ 14 milhões para erguer um aeroporto em uma fazenda da família do senador e candidato à Presidência Aécio Neves (PSDB) em 2010.


O deputado Rogério Correia publicou a decisão pela CPI em seu perfil pessoal no Twitter junto com uma foto de outros deputados em volta do ex-ministro Fernando Pimentel, candidato ao governo de Minas Gerais pelo PT. O grupo faz campanha em Caratinga, no interior de Minas, nesta segunda-feira.


Desde que a reportagem da Folha de S.Paulo foi publicada, Correia tem feito provocações ao tucano nas redes sociais.


“Agora entendi porque Aécio Neves chama bolsa família de bolsa miséria (sic). Ele ganha é bolsa aeroporto! Gente fina é outra coisa! (…) Aécio gasta 14 milhões do orçamento de MG em obras de aeroporto que só ele usa. Pouso é na fazenda do titio e a 6 km da dele.”

Explicações


Em nota publicada neste domingo (20), a assessoria de Aécio Neves informou que “ao contrário do que foi publicado, ‘o Governo do Estado não construiu aeroporto em terra de tio de Aécio’. O aeroporto foi construído em área pertencente ao Estado, não havendo, portanto, o investimento público em área privada afirmado no título da reportagem”.


Na mensagem, o tucano diz ainda que “não se trata também de construção de um novo aeroporto, mas de melhorias realizadas em pista de pouso que existia há mais de 20 anos no local, realizadas por meio do ProAero, programa criado no governo Aécio Neves e que garantiu investimentos em inúmeros aeroportos do Estado”.


Segundo Aécio, “todas as atitudes do governo de Minas Gerais referentes ao aeroporto de Cláudio se deram dentro da mais absoluta transparência e lisura”.

Jornal Midiamax