Geral

Com vídeo, Campo Grande tem nova denúncia de abuso sexual em escola pública

Mãe registrou boletim de ocorrência relatando que a filha de 14 anos teria sido obrigada a realizar sexo oral em dois colegas da escola, em Campo Grande. O ato foi filmado e o vídeo vazou pelas redes sociais.

Arquivo Publicado em 14/04/2014, às 20h09

None

Mãe registrou boletim de ocorrência relatando que a filha de 14 anos teria sido obrigada a realizar sexo oral em dois colegas da escola, em Campo Grande. O ato foi filmado e o vídeo vazou pelas redes sociais.

Uma mãe registrou um boletim de ocorrência na sexta-feira (11), após a filha, uma adolescente de 14 anos, ter sido estuprada no pátio da Escola Estadual Teotônio Vilela, em Campo Grande. O ato sexual, segundo a denúncia, teria sido filmado. O vídeo mostra a menina fazendo sexo oral com dois garotos, e se espalhou pelas redes sociais.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado na Polícia Civil, a mãe relatou à polícia que a filha teria sido ameaçada para praticar o ato com os outros dois adolescentes. A Polícia Civil já entrou em contato com a escola que forneceu a identificação dos adolescentes envolvidos.

Na próxima quarta-feira (16), a adolescente e os dois adolescentes envolvidos serão ouvidos pela Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude (Deaij) para esclarecimento do caso.

O Midiamax entrou em contato com a assessoria de comunicação do Governo do Estado, mas não foi possível falar com o responsável pela Secretaria Estadual de Educação. Em contato com a Escola Teotônio Vilela, foi informado que a direção estava em reunião.

Jornal Midiamax