Geral

Com polêmicas, Vasco empata com Oeste no fim e fica no G-4

Em uma noite de má atuação, o Vasco sofreu para empatar com o Oeste, nesta terça-feira, pela Série B do Campeonato Brasileiro. O resultado de 1 a 1 só foi decidido no fim do segundo tempo e veio com dois gols polêmicos, marcados por Fabio Santos e Douglas. O empate põe o Vasco no quarto […]

Arquivo Publicado em 17/09/2014, às 01h07

None

Em uma noite de má atuação, o Vasco sofreu para empatar com o Oeste, nesta terça-feira, pela Série B do Campeonato Brasileiro. O resultado de 1 a 1 só foi decidido no fim do segundo tempo e veio com dois gols polêmicos, marcados por Fabio Santos e Douglas. O empate põe o Vasco no quarto lugar, com 40 pontos e mais distante da liderança – o Avaí está na ponta com 44. Já o Oeste ficou em 14º com 27 pontos.

O jogo teve muito equilíbrio no começo, mas estava travado no meio-campo. Com isso, o melhor jeito de chegar ao gol era chutar de longe. O Vasco até tentou, mas foi o Oeste que acertou aos 19min: Fábio Santos acertou uma pancada que bateu na trave, na grama e foi considerado gol pelo juiz. Os vascaínos reclamaram que a bola não entrou. Na comemoração ainda houve outra polêmica, pois uma lata de cerveja foi jogada na direção de Fábio Santos, que conseguiu se proteger de um ferimento com a mão.

O gol deixou o Vasco atordoado na partida e por pouco o Oeste não ampliou aos 30min, quando Fabio Santos chutou de primeira, mas Martín Silva fez difícil defesa. Com três volantes de pouca mobilidade e Douglas inativo, o Vasco não criou mais nada no primeiro tempo.

Para o segundo tempo o Vasco teve uma mudança no meio-campo, a entrada de Dakson no lugar de Aranda. O atacante Edmilson também entrou na vaga de Maxi Rodriguez e teve uma chance já aos 4min, mas não alcançou o bom passe de Lorran.

Joel Santana voltou a agir aos 26min, quando colocou Thalles no lugar de Fabrício. O Vasco foi para frente com tudo, mesmo correndo risco de sofrer contra-ataques. E deu certo, pois aos poucos o time chegou perto do gol. Dakson criou boa chance aos 33min e logo depois foi marcado pênalti em Thalles, em outro lance bastante duvidoso. Douglas foi para a cobrança e empatou o placar.

Apesar do gol e de continuar com mais posse de bola, o Vasco tomou um susto aos 44min, quando um chute perigoso de Serginho foi desviado por pouco por Martín Silva. Nos acréscimos Diego Renan aplicou um corte na área, chutou de esquerda e obrigou Anderson a fazer boa defesa. Foi o último lance de emoção do jogo.

Jornal Midiamax