Geral

Com festas e férias, HU apela por doadores para manter banco de sangue

O banco de sangue do Hospital Universitário de Campo Grande necessita de doadores voluntários. De acordo com a técnica Gláucia Brito, o estoque de bolsas de sangue no local está no limite. “Mesmo recorrendo aos funcionários e familiares dos pacientes, o estoque ainda permanece baixo”, relatou. A necessidade do banco é de todas as tipagens […]

Arquivo Publicado em 04/01/2014, às 17h21

None

O banco de sangue do Hospital Universitário de Campo Grande necessita de doadores voluntários. De acordo com a técnica Gláucia Brito, o estoque de bolsas de sangue no local está no limite. “Mesmo recorrendo aos funcionários e familiares dos pacientes, o estoque ainda permanece baixo”, relatou.


A necessidade do banco é de todas as tipagens sanguíneas. A coleta é realizada no hospital se segunda a sexta-feira, das 7h ao meio dia. O doador pode ser alguém com idade entre 18 e 65 anos e ter mais de 50 quilos.


O problema de diminuição nos estoques de sangue de Campo Grande se agrava com a chegada das festas de fim de ano e as férias. Outras unidades de coleta também apresentaram problemas de redução de doadores durante este período.


O Hemosul iniciou o ano de 2014 com o estoque de plaquetas zerado e pediu socorro a população. A situação coloca em risco pacientes com doenças do sangue (hemopatias), como a Leucemia, quando um paciente adulto chega a necessitar de cinco a dez unidades a cada doze horas.

Jornal Midiamax