Geral

Com cenário indefinido, PSB pode ter candidatura ao governo de MS, diz Murilo

O prefeito de Dourados, que permanece no cargo, diz que o nome cogitado para a disputa eleitoral é da advogada Tatiana Ujacow.

Arquivo Publicado em 08/04/2014, às 12h17

None
1635579614.jpg

O prefeito de Dourados, que permanece no cargo, diz que o nome cogitado para a disputa eleitoral é da advogada Tatiana Ujacow.

O PSB não desistiu de lançar candidatura própria ao governo do Estado para garantir palanque ao candidato presidenciável Eduardo Campos (PSB). Com a permanência do presidente regional do partido, prefeito de Dourados, Murilo Zauith (PSB), na gestão municipal, o nome cogitado para a disputa eleitoral é da advogada Tatiana Ujacow (PSB).

Murilo afirmou que o cenário estava indefinido pesou para sua decisão de permanecer na prefeitura da segunda maior cidade do Estado. “Vejo o quadro ainda muito indefinido”, afirmou. Apesar da decisão, ele ainda tem uma carta para lançar candidatura própria. “Ainda vejo que pode ter candidatura própria. Meu curinga é a Tatiana”, completou.

O dirigente disse ainda ter tempo para decidir o futuro do partido no Estado. “Mal começou, o prazo é 30 de junho”, pontuou.

A nacional pediu à Executiva Estadual para ter candidatura própria no Estado e, assim garantir palanque a Eduardo Campos. Na próxima segunda-feira (14) será lançado oficialmente o candidato à presidência com a vice Marina Silva.

“O mais importante é ter palanque para o Eduardo e com nome na chapa majoritária, dia sim dia não vai falar do PSB 40 ou 400 dependendo do cargo”, finalizou Murilo.

Jornal Midiamax