Geral

Colunista pede perdão a Felipão por entrevista com sósia

Vladimir Palomo conseguiu cumprir a tarefa à qual ele se propõe: convencer as pessoas de que é Luiz Felipe Scolari. Sósia do atual treinador da Seleção Brasileira, Palomo conversou com o colunista Mario Sergio Conti como se fosse o próprio Felipão, em um bate-papo registrado por Conti em sua coluna publicada nas versões online dos […]

Arquivo Publicado em 20/06/2014, às 12h16

None
1380849085.jpg

Vladimir Palomo conseguiu cumprir a tarefa à qual ele se propõe: convencer as pessoas de que é Luiz Felipe Scolari. Sósia do atual treinador da Seleção Brasileira, Palomo conversou com o colunista Mario Sergio Conti como se fosse o próprio Felipão, em um bate-papo registrado por Conti em sua coluna publicada nas versões online dos jornais O Globo e Folha de S. Paulo.


Durante um voo entre Rio de Janeiro e São Paulo, Felipão – ou melhor, Palomo – respondeu a todas as perguntas que lhe foram feitas. Apontou Holanda, Alemanha e Itália como rivais complicados para o Brasil, e disse que o empate por 0 a 0 com o México não abalou sua confiança. “Quem diria que a Espanha sairia da Copa logo de cara?”, questionou o Felipão genérico.


Na conversa com Conti, o sósia do treinador passou confiança a jogadores como Neymar e Oscar, aprovou os aeroportos do Brasil, conversou sobre política e falou até sobre família. Palomo só revelou sua identidade quando Conti pediu a ele uma entrevista no programa “Diálogos”, do canal de TV por assinatura GloboNews.


“Claro, vamos lá. Só que ando meio ocupado…”, respondeu, rindo, dando ao colunista um cartão de visitas para contatos. Ali constava a identidade: Vladimir Palomo, sósia de Felipão. O texto chegou a ser publicado nas versões online dos dois jornais, mas foram posteriormente tirados do ar. As duas publicações divulgaram erratas, pedindo desculpas.


“Diferentemente do que foi publicado (…), o técnico da Seleção Brasileira, Luiz Felipe Scolari, não falou com o colunista Mario Sergio Conti. Quem falou ao jornalista foi um sósia do treinador, Vladimir Palomo”, afirmou o jornal em nota.


“Felipão não estava em um voo do Rio para São Paulo. Ele passou o dia em Fortaleza (…). Mario Sergio Conti pede desculpas a Scolari, a Palomo e aos leitores pela confusão”, completou a publicação paulista.

Jornal Midiamax