Coligação de Nelsinho alega abuso de poder econômico e tenta cassar Delcídio

A coligação “MS cada vez melhor”, do candidato do PMDB ao governo estadual, Nelsinho Trad, acionou na Justiça Eleitoral o concorrente do PT, senador Delcídio do Amaral, por abuso de poder econômico e uso indevido de meios de comunicação. O peemedebista quer a cassação da candidatura do petista. Os dois figuram entre os dez candidatos […]
| 18/08/2014
- 16:19
Coligação de Nelsinho alega abuso de poder econômico e tenta cassar Delcídio

A coligação “MS cada vez melhor”, do candidato do PMDB ao governo estadual, , acionou na Justiça Eleitoral o concorrente do PT, senador Delcídio do Amaral, por abuso de poder econômico e uso indevido de meios de comunicação. O peemedebista quer a cassação da candidatura do petista.

Os dois figuram entre os dez candidatos com as campanhas mais caras do Brasil, conforme dados da primeira prestação de contas à Justiça, feita no começo de agosto. Na ocasião, Delcídio já havia arrecadado R$ 8,6 milhões, sendo o primeiro da lista, com Nelsinho em oitavo, somando R$ 3,2 milhões arrecadados.

A Justiça ainda não analisou a ação de investigação judicial eleitoral impetrada pelo grupo de Nelsinho. O caso chegou ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral) no dia 13 de agosto e, conforme os dados registrados no sistema de consulta, está na Corregedoria Regional Eleitoral.

Semana passada, a assessoria do candidato do PMDB informou haver provas de que a candidatura petista é favorecida por meios de comunicação. Não detalhou, no entanto, quais seriam estas empresas ou as provas das quais dispõem os acusadores sobre o uso indevido alegado.

Últimas notícias