Geral

China abandona hábito de pagar contas com dinheiro vivo

A China abandona rapidamente o hábito secular de pagar as contas com dinheiro vivo e faz a transição para formas de pagamento em velocidade mais rápida que qualquer outro país, segundo informações publicadas nesta segunda-feira pelo jornal Folha de S.Paulo. O país asiático possui atualmente cerca de 2 bilhões de cartões de banco em circulação, […]

Arquivo Publicado em 10/03/2014, às 13h42

None

A China abandona rapidamente o hábito secular de pagar as contas com dinheiro vivo e faz a transição para formas de pagamento em velocidade mais rápida que qualquer outro país, segundo informações publicadas nesta segunda-feira pelo jornal Folha de S.Paulo. O país asiático possui atualmente cerca de 2 bilhões de cartões de banco em circulação, o que bastaria para que cada morador da China continental portasse ao menos três deles.


De acordo com a publicação, o número de cartões de débito é dez vezes maior que o de crédito, mas as emissões de cartões de crédito cresceram 19% no ano passado. Segundo a Folha, o uso de cartões de crédito na China crescerá mais rápido que o de outros cartões nos próximos cinco anos. O abandona do isso de dinheiro é notável no país que foi o primeiro a imprimir cédulas, um milênio atrás. De acordo com a publicação, até recentemente, pagamentos em dinheiros eram tão populares na China que até aquisições como casas e carros eram pagas com fardos de notas.


A publicação ainda aponta que um estudo da MasterCard constatou que a China faz a transição do dinheiro para outros meios de pagamento mais rápido que qualquer país pesquisado, resultado da urbanização e de políticas públicas de incentivo para a utilização de outros meios que não cédulas.

Jornal Midiamax