Geral

Ceni discorda dos rumos que Paulo André dá ao Bom Senso

Rogério Ceni confessou a amigos que não está contente com os rumos tomados pelo movimento Bom Senso. O goleiro do São Paulo acredita que existe uma obsessão de Paulo André em confrontar-se com a administração de José Maria Marin, mesmo quando ele não deveria ser o alvo. É o que está acontecendo agora, com a […]

Arquivo Publicado em 05/02/2014, às 18h23

None

Rogério Ceni confessou a amigos que não está contente com os rumos tomados pelo movimento Bom Senso. O goleiro do São Paulo acredita que existe uma obsessão de Paulo André em confrontar-se com a administração de José Maria Marin, mesmo quando ele não deveria ser o alvo. É o que está acontecendo agora, com a tentativa de greve por causa da delinquente invasão do CT do Corinthians por parte dos torcedores. Paralisar o campeonato, segundo disse o goleiro, não atingirá os responsáveis pela obrigação de se dar tranquilidade aos jogadores.

Um dos interlocutores de Ceni disse que Paulo André estaria confrontado Marin para fortalecer a candidatura de Andrés Sanchez, que nem existe mais. Ceni discordou frontalmente. Disse que não acreditava nesse tipo de atitude por parte do zagueiro corintiano. Disse que o respeitava, mas que não concordava com o chamamento para a greve. Disse que se dedicou bastante ao Bom Senso no final do ano passado, que apoia as reivindicações por um calendário mais racional, mas que não estava se sentindo bem com o fato de Marin ser sempre o alvo de Paulo André.

Esperemos para ver se haverá adesão dos jogadores do São Paulo à greve costurada pelo sindicato e pelo Bom Senso.

Jornal Midiamax