Geral

Cade aprova acordo de Petrobras para uso de termelétrica em Cuiabá

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, um acordo feito entre a Petrobras e a Empresa Produtora de Energia Ltda. (EPE) para uso e exploração da Usina Termelétrica a Gás de Cuiabá, segundo decisão publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira. A usina tem capacidade instalada de 480 megawatts (MW), em […]

Arquivo Publicado em 17/04/2014, às 11h22

None

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, um acordo feito entre a Petrobras e a Empresa Produtora de Energia Ltda. (EPE) para uso e exploração da Usina Termelétrica a Gás de Cuiabá, segundo decisão publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira.

A usina tem capacidade instalada de 480 megawatts (MW), em ciclo combinado, com duas unidades geradoras a gás de 150 MW e uma unidade geradora a vapor de 180 MW, de acordo com documento enviado pelas empresas ao Cade.

Embora as duas companhias tenham afirmado no documento que o acordo atende o mercado de geração de energia elétrica nacional, devido a sua inserção no Sistema Interligado Nacional (SIN), elas ressaltaram que “independentemente da definição da dimensão geográfica que possa ser adotada … não haverá alterações significativas no ambiente concorrencial em decorrência da operação”.

Com a operação, a Petrobras deve aumentar sua capacidade de geração de energia, enquanto a EPE pode reduzir suas despesas, acrescentaram as empresas.

Jornal Midiamax