Geral

Brasilândia cria quatro novos cargos com salários entre R$ 678 e R$ 1.120

Com objetivo de realizar concurso público para preenchimento de cargos, o prefeito de Brasilândia, Jorge Diogo, sancionou, após aprovação da Câmara de Vereadores, a lei 2514, de 13 dezembro de 2013, que criou quatro novos cargos e algumas vagas. De acordo com a lei nº 2514/13, os cargos novos são: auxiliar de professor (15 vagas), […]

Arquivo Publicado em 09/01/2014, às 10h09

None

Com objetivo de realizar concurso público para preenchimento de cargos, o prefeito de Brasilândia, Jorge Diogo, sancionou, após aprovação da Câmara de Vereadores, a lei 2514, de 13 dezembro de 2013, que criou quatro novos cargos e algumas vagas.


De acordo com a lei nº 2514/13, os cargos novos são: auxiliar de professor (15 vagas), monitor de recreação infantil (08), técnico em informática educacional (08) e cuidador (08). Os salários variam entre R$ 678 e R$ 1.120,87. A carga horária diária é igual para todos, oito horas. A escolaridade varia entre 1º grau completo e ensino médio com habilitação específica em informática.


As atribuições do cargo de auxiliar de professor são: servidor administrativo de nível médio que tem como objetivo auxiliar o professor nas atividades recreativas, de alimentação, higiene pessoal e nas atividades curriculares das crianças de 0 a 5 anos. É também responsável pelo recebimento e controle dos pertences dos alunos.


Já o monitor de recreação infantil é para nível médio e será responsável pelas atividades recreativas diversificadas, visando o entretenimento, a integração social e o desenvolvimento infantil; pela promoção de atividades lúdicas, estimulantes e organização e criação de equipamentos e materiais para recreação.


O técnico em informática educacional de nível médio tem que ter conhecimento das novas tecnologias educacionais e capacidade de compreender e operacionalizar os processos educativos em ambientes informatizados. Este servidor deve ter capacidade de analisar, compreender, desenvolver e usar softwares educacionais de forma que possibilitem situações de ensino-aprendizagem inter e transdisciplinares.


Dentre suas funções, estão: atender e acompanhar professores e alunos na execução das atividades, zelar pelos equipamentos, realizar atualizações necessárias para o bom funcionamento dos equipamentos, registrar e controlar a retirada de equipamentos do laboratório de informática, organizar horários de uso do laboratório, bem como os acompanhamentos em sala de aula e ter conhecimento de manutenção dos equipamentos.


O cuidador é o servidor que terá atribuição de cuidar de usuários que demandem atenção específica física, como pessoas com deficiência, com necessidades específicas de saúde, pessoas soropositivas, idade inferior a um ano, pessoa idosa com Grau de Deficiência II ou III, dentre outros.


Esses cargos entrarão no próximo concurso público da Prefeitura de Brasilândia – a 399 quilômetros de Campo Grande.

Jornal Midiamax