Geral

Bombardeios do regime sírio deixam 12 mortos, entre eles cinco menores

Pelo menos 12 pessoas morreram neste domingo, entre elas duas mulheres e cinco menores de idade, por conta dos bombardeios da aviação do regime sírio com barris explosivos na província de Idlib, no noroeste do país. O Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH) informou que no ataque mais mortal, ocorrido na zona de Al Habit, […]

Arquivo Publicado em 31/08/2014, às 17h44

None

Pelo menos 12 pessoas morreram neste domingo, entre elas duas mulheres e cinco menores de idade, por conta dos bombardeios da aviação do regime sírio com barris explosivos na província de Idlib, no noroeste do país.


O Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH) informou que no ataque mais mortal, ocorrido na zona de Al Habit, dez pessoas morreram, entre elas mulheres e crianças, e várias ficaram feridas.


Em bombardeios similares, duas pessoas morreram e muitas ficaram feridas na cidade de Salquin, na mesma província, acrescentou o OSDH.


Por outro lado, na província de Al Raqqah, dominada pelos extremistas do Estado Islâmico (EI), este grupo radical crucificou até a morte duas pessoas na cidade de Suruq, após acusá-las de pertencer às forças do regime.


Os dois mortos foram capturados durante os combates na semana passada entre o Estado Islâmico e o Exército sírio no aeroporto de Tabaqa, na mesma região.


Os combatentes do EI tomaram no último dia 24 o controle total do aeroporto de Tabaqa, último bastião do regime sírio na província setentrional de Ao Raqqah (norte).


Os aviões do Exército sírio que estavam no aeroporto se retiraram rumo ao aeroporto militar da vizinha província de Deir ez-Zor e a outro situado no deserto sírio.


Então, o Observatório Sírio de Direitos Humanos informou em comunicado que mais de 170 soldados do regime sírio, entre eles oficiais e suboficiais, morreram nos combates, bombardeios e atentados suicidas durante a luta pelo controle do aeroporto.


Em 22 de agosto, o Escritório de Direitos Humanos da ONU informou que o número de mortos documentados e verificados no conflito armado na Síria desde março de 2011 até abril deste ano é de 191.369 pessoas, quase nove mil delas menores de idade.

Jornal Midiamax