Geral

Barcelona e Messi recuperam bom futebol antes do clássico contra o Real

O Barcelona e Lionel Messi recuperaram seu melhor futebol neste domingo diante do Osasuna, vítima de uma goleada de 7 a 0, às vésperas do clássico contra o Real Madrid, no Santiago Bernabéu, um duelo decisivo para o Campeonato Espanhol. O time do argentino Gerardo ‘Tata’ Martino, que continua a quatro pontos da equipe do […]

Arquivo Publicado em 16/03/2014, às 22h20

None

O Barcelona e Lionel Messi recuperaram seu melhor futebol neste domingo diante do Osasuna, vítima de uma goleada de 7 a 0, às vésperas do clássico contra o Real Madrid, no Santiago Bernabéu, um duelo decisivo para o Campeonato Espanhol.

O time do argentino Gerardo ‘Tata’ Martino, que continua a quatro pontos da equipe do italiano Carlo Ancelotti e a um do Atlético de Madrid, chega para o duelo extremamente reforçado.

O Osasuna foi mais uma vez presa fácil e um oponente ideal para recuperar a autoestima, tanto para o o conjunto, como para seu principal jogador, Messi, que marcou três gols e se tornou o maior artilheiro da história do Barcelona, com um total de 371, superando o filipino Paulino Alcántara.

Messi, o chileno Alexis Sánchez e Andrés Iniesta fizeram 3 a 0 ainda antes do intervalo. Depois, com Osasuna entregue, Cristian Tello, o argentino duas vezes e Pedro Rodríguez fecharam o placar.

Tudo parece pronto para um clássico de grande relevância. Um Real Madrid líder isolado, que ganhou do Málaga ontem por 1 a 0 com um gol de Cristiano Ronaldo, e um Barcelona que, apesar dos tropeços, chega ao Bernabéu disposto a vencer para situar-se a um ponto e endurecer a luta pelo título.

No meio, o Atlético, que venceu também no sábado o Espanyol com gol de Diego Costa, estará com as atenções voltadas para o clássico, mas ainda obrigado a não descuidar-se no jogo contra o lanterna Betis.

O próximo rival do Atlético, aliás, foi o encarregado de abrir o domingo no campo do Elche, onde acusou o desgaste do jogo de quinta-feira contra o Sevilla pela Liga Europa e não conseguiu sair do 0 a 0.

Um ponto a mais, mas, dada sua necessidade, é pouco em sua tentativa de se aproximar da salvação, da qual lhe separam nove pontos.

Para o Elche o empate também não é um resultado positivo, uma vez que está a quatro pontos do rebaixamento, que começa no Valladolid, após cair no Ramón Sánchez Pizjuán perante o Sevilla por 4 a 1.

O Valladolid, superado na tabela por um Rayo Vallecano que obteve um triunfo fundamental por 3 a 1 perante o Almería, não conseguiu se impor no estádio do Sevilla.

O time de Unai Emery se recuperou em parte da decepção da derrota na Liga Europa perante o Betis com sua quarta vitória seguida no Espanhol.

Por alguns momentos, o Sevilla saboreou a sexta colocação, mas finalmente se consolidou na sétima, já que o Valencia, oitavo, perdeu em Anoeta contra o Real Sociedad por 1 a 0 e aparece com uma desvantagem de oito pontos.

Os sevillistas se igualam ao Villarreal, que amanhã fechará a jornada no Madrigal contra o Athletic de Bilbao, em um choque que pode reabrir a disputa pelo quarto lugar ocupado pelo time basco.

Jornal Midiamax