Geral

Barbudo, Angus T. Jones renega trabalho em ‘Two and a half men’

Com uma barba digna de um missionário do século XIX, Angus T. Jones voltou a renegar seu trabalho de dez anos na série “Two and a half men”. O ex-ator mirim, que interpretava Jake Harper no programa estrelado por Charlie Sheen e Jon Cryer, explicou a uma TV americana como os temas tratados eram incompatíveis […]

Arquivo Publicado em 18/03/2014, às 14h32

None
1998649350.jpg

Com uma barba digna de um missionário do século XIX, Angus T. Jones voltou a renegar seu trabalho de dez anos na série “Two and a half men”. O ex-ator mirim, que interpretava Jake Harper no programa estrelado por Charlie Sheen e Jon Cryer, explicou a uma TV americana como os temas tratados eram incompatíveis com sua nova religião.


“Era difícil para mim estar no show e fazer parte de algo que estava fazendo piada de situações no mundo onde existem problemas de verdade para muitas pessoas”, disse o ator para a emissora KHOU. “Eu era um hipócrita recebendo salário, pois não concordava com aquilo e continuava fazendo.”


Ao final de 2012 o ator renegou seu trabalho na série, logo após redescobrir sua relação com Deus. Desde então a participação de seu personagem na série veio diminuindo.


Há dois anos Jones se tornou um seguidor da igreja adventista do sétimo dia e desde então visita várias cidades dos EUA para falar sobre sua fé. Jones interpreta Jake desde os nove anos de idade e, nas últimas temporadas, as notícias davam conta de que ele vinha recebendo um salário de US$ 350 mil por episódio.


Ainda assim, o ator deixa claro que não guarda mágoas de Chuck Lorre, criador do programa, e até mesmo pede desculpas por algumas das críticas feitas. No vídeo de 2012, ele havia dito que a série é nojenta e o público deveria para de vê-la.


“(A série) é como o bebê dele e eu simplesmente insultei esse bebê. Nesse sentido peço desculpas, mas não me arrependo de nada do que disse.”

Jornal Midiamax