Geral

Argentino engravida 5 vezes filha que manteve confinada

A polícia argentina prendeu na última sexta-feira, 11, um homem acusado de ter engravidado cinco vezes a filha que manteve enclausurada desde a adolescência. Os abusos sexuais teriam começado quando ela, hoje uma mulher de 31 anos, ainda era criança, segundo o Clarín. Além de violentar a filha, que se passava por esposa, o homem, […]

Arquivo Publicado em 17/04/2014, às 14h51

None

A polícia argentina prendeu na última sexta-feira, 11, um homem acusado de ter engravidado cinco vezes a filha que manteve enclausurada desde a adolescência. Os abusos sexuais teriam começado quando ela, hoje uma mulher de 31 anos, ainda era criança, segundo o Clarín.


Além de violentar a filha, que se passava por esposa, o homem, de 53 anos, ameaçava os cinco filhos deles – o mais velho tem 13 e o mais novo 5 anos – quando eles ameaçavam denunciá-lo.


A prisão aconteceu depois que o marido de outra filha do homem resolveu fazer a denúncia à polícia. “O homem (cunhado da vítima) disse que a garota não tinha namorado e que era o pai que tinha sido responsável pelos abusos”, contou Manuel Ontiveros, na Unidade de Crimes Sexuais da polícia da cidade de Mendoza.


O homem já havia escapado da cadeia anteriormente, mesmo após ser preso por ter abusado de uma de suas outras filhas, que fugiu.


A polícia investiga agora se a mãe da vítima, que deixou a família há seis anos, sabia dos abusos praticado pelo marido.


Desde que ganhou repercussão, o homem tem sido comparado ao austríaco Josef Fritzt, que manteve a filha, Elizabeth, confinada em um porão por 24 anos.

Jornal Midiamax