Geral

“Aprendi muito com tudo que aconteceu”, diz Rafinha Bastos

Aos 37 anos, Rafinha Bastos parece estar acostumado com os altos e baixos de sua carreira. Importante ícone do CQC, o humorista se viu afastado do programa em 2011, quando uma piada repercutiu de forma negativa. A partir daí, sua volta para a TV aberta foi lenta e gradual. Após participar do jornalístico A Liga, […]

Arquivo Publicado em 01/03/2014, às 14h52

None

Aos 37 anos, Rafinha Bastos parece estar acostumado com os altos e baixos de sua carreira. Importante ícone do CQC, o humorista se viu afastado do programa em 2011, quando uma piada repercutiu de forma negativa. A partir daí, sua volta para a TV aberta foi lenta e gradual. Após participar do jornalístico A Liga, também na Band, e arriscar um voo na Rede TV! para apresentar o Saturday Night Live, ele está às vésperas de estrear um programa só dele na emissora que o revelou. Com a ida de Danilo Gentili para o SBT, Rafinha assume o comando do Agora É Tarde a partir de quarta-feira, dia 5 de março. “O programa já tinha identidade, uma estrutura básica, e a gente não quis mudar muita coisa. O que vai acontecer é uma adaptação para ficar com a minha cara”, revela. A vontade de imprimir sua marca pessoal no talk show, que será exibido de terça a sexta, esbarra no jeito polêmico e sem papas na língua do humorista, que jura estar mais polido. “Aprendi muito com tudo que aconteceu. Além disso, o objetivo do programa vai ser o entretenimento e não ficar cutucando os convidados”, garante.

Natural de Porto Alegre e formado em Jornalismo pela PUC do Rio Grande do Sul, Rafinha teve o início de sua carreira marcado por seus shows de stand up comedy. O A Arte do Insulto, inclusive, foi o que despertou o interesse da produtora argentina Cuatro Cabezas, responsável por formatos como o CQC e Agora É Tarde. “Já tinha feito algumas coisas na TV, mas foi o CQC e, posteriormente, A Liga que me fizeram ter certeza que a tevê era o caminho que eu deveria seguir”, afirma. No entanto, seus negócios não ficam restritos à TV. O humorista, em parceria com Danilo Gentili, é dono do Comedians, um bar em São Paulo que realiza shows de comédia, e faz vídeos de entrevistas e humor para seu canal na internet. “Continuo tendo liberdade para me apresentar e fazer meus vídeos. Estou começando a pensar em roteiros para cinema. Mesmo com toda a correria do programa, estou bem ativo”, comemora.

Jornal Midiamax