Geral

Após fingir ser lésbica, dupla russa t.A.T.u abre Olimpíadas de Inverno

Após fazer sucesso com roupas de colegial e temática lésbica no início dos anos 2000, a dupla pop russa t.A.T.u vai tocar na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Sochi, na Rússia, que começa nesta sexta-feira (7). Quando surgiram, a história que se contava é que as cantoras Lena Katina e Yulia Volkova eram […]

Arquivo Publicado em 07/02/2014, às 13h14

None
1549045037.jpg

Após fazer sucesso com roupas de colegial e temática lésbica no início dos anos 2000, a dupla pop russa t.A.T.u vai tocar na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Sochi, na Rússia, que começa nesta sexta-feira (7).

Quando surgiram, a história que se contava é que as cantoras Lena Katina e Yulia Volkova eram namoradas. O clima foi chancelado pelo clipe provocativo do hit “All The Things She Said”, onde as integrantes trocavam beijo na chuva.

A história, no entanto, era um elemento criado para vender mais discos, conforme a dupla revelou em 2003. Não deixa de ser uma escolha curiosa para abrir o evento esportivo mundial, em um momento em que ativistas, artistas e líderes mundiais têm mostrado irritação com a opressão russa com os direitos homossexuais.

O próprio prefeito de Sochi já afirmou que a homossexualidade não é aceita na região, mas que os jogadores gays serão bem recebidos se respeitarem as leis russas.

Segundo a agência de notícias AP, o produtor do evento disse que a dupla vai cantar “Not Gonna Get Us”, escolhida por ser uma das únicas músicas russas que o telespectador de outro país pode reconhecer. A dupla se apresenta hoje para 3 mil atletas.

Desde que divulgaram que a história de serem lésbicas era mentira, a dupla sofreu altos e baixos na carreira. Elas chegarem a se separar em 2010, mas anunciaram novas apresentações ano passado.

Jornal Midiamax